quarta-feira, julho 14, 2010

Zé Carlos se emociona em coletiva e dedica o gol salvador à família

Jogador teve um problema familiar na véspera do jogo. Resolveu, se concentrou e salvou o Timbu do empate diante do ASA/AL

Alexandre Barbosa - Diario de Pernambuco


Heroi da vitória sobre o ASA/AL, o lateral-esquerdo Zé Carlos se emocionou na entrevista coletiva após o jogo. Um problema de família, que ele não quis revelar, poderia ter atrapalhado a concentração dele para a partida. Mas muito pelo contrário, o jogador tirou da adversidade uma motivação a mais para vencer.

"Fiquei calado na preleção. O professor Gallo até brincou: 'espero que esse silêncio seja de concentração'. E realmente era. Estava muito concentrado. Tive um problema de família com um irmão meu que mora em Goiás, e agradeço até ao professor por ter me liberado ontem do hotel para ir em casa resolver. Quinta-feira vou fazer 30 anos. Tenho nove irmãos e comando essa família. Esse gol hoje me emocionou bastante", desabafou, com ar de emoção.

Sobre o jogo, Zé Carlos ressaltou a qualidade do adversário e as demais dificuldades enfrentadas pelos alvirrubros, como o campo pesado. "Essa vitória tem que ser valorizada. Foi um jogo difícil. O ASA vai tirar pontos de muita gente pela frente. Estamos vindo de uma parada. Além disso, o campo estava pesado, úmido. A gente pisava e arrancava grama", afirmou o lateral-esquerdo.

E quanto ao gol salvador, o jogador foi simples na descrição. "Me concentrei bastante, porque sabia que era a oportunidade de marcar o gol da vitória. Não acertei na primeira, mas, no rebote, fui feliz no domínio e no chute", disse ele, deixando de lado qualquer empolgação. "É muito cedo para falar que vai subir. vamos trabalhar para nos manter como líder."

Nenhum comentário: