sábado, julho 03, 2010

'Tem coisas que não temos como explicar', lamenta Tevez

Goleiro Neuer chega antes que Tevez em bola enfiada por Messi

Goleiro Neuer chega antes que Tevez em bola enfiada por Messi

Crédito da foto: Reuters

por Conrado Giulietti, de Johanesburgo (África do Sul), para o ESPN.com.br


Como praticamente todos os seus companheiros, o atacante Carlitos Tevez também não soube explicar os motivos da eliminação para a Alemanha neste sábado, quando o time de Maradona perdeu por 4 a 0 nas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul.

"Tem coisas que não temos como explicar. Sabíamos que a Alemanha iría sair no contra-ataque e a gente podia sofrer muito com isso", afirmou o ex-jogador do Corinthians, que deu pistas sobre o que pode ter ocorrido. "Não soubemos neutralizar no campo."

Em uma análise mais completa, Tevez dá a entender que a Argentina não esperava sofrer o primeiro gol logo aos três minutos de jogo, embora tenha visto o time melhor na sequência. "Foi uma partida diferente, rara. Depois que tomamos o gol, controlamos o jogo a todo momento", explicou o jogador.
"A princípio, depois de 10 minutos, sufocamos. A seleção se atirou toda ao ataque e vimos que poderíamos sofrer o terceiro gol", contou o atacante, que, no entanto, admitiu que os argentinos sabíam do esquema de jogo da Alemanha desde o começo.

"A gente sabia que eles seriam assim. Na partida anterior a gente também jogou assim (sofrendo contra-ataques). Mas não creio que a Alemanha tenha nos atacado muito", ponderou. "A gente sentiu um pouco a questão física, mas isso são desculpas", acrescentou, antes de voltar atrás e admitir a superioridade adversária. "Mas eles jogaram bem, muito bem", encerrou.

Sobre o futuro, Tevez também preferiu não projetar nada, assim como fez o treinador Diego Armando Maradona após a partida. "Temos que pensar com a cabeça fria para ver o que a Argentina está fazendo errado. Amanhã a gente sabe que pode ter uma equipe que vai ganhar, temos que esperar."

Nenhum comentário: