quarta-feira, julho 07, 2010

Técnico alemão reconhece superioridade e aposta em titulo da Espanha

Joachim Löw nervoso com seus comandados na Alemanha

Joachim Löw nervoso com seus comandados na Alemanha

Crédito da foto: Reuters

por Thiago Arantes, de Durban (África do Sul), para o ESPN.com.br


O comandante alemão Joachim Löw ressaltou as qualidades da Espanha após ver sua seleção perder para o rival na semifinal da Copa disputada nesta quarta-feira. Para o técnico, resta parabenizar os espanhois pela partida que venceram "merecidamente".

"Tenho que dar os parabéns à Espanha pelo jogo. Nos últimos três anos, eles têm sido o time mais habilidoso do mundo. Não conseguimos jogar como nos jogos anteriores, perdíamos a bola muito rapidamente. Não tivemos a mesma confiança dos outros jogos", comentou Löw na entrevista coletiva após o jogo disputado em Durban.

"Não tivemos muitas chances de gol, mas cedemos muito poucas. O gol veio em uma bola parada e sempre é possível cometer erros nestas jogadas", disse o técnico.

Agora a Alemanha se concentra para enfrentar o Uruguai na disputa do terceiro lugar do Mundial, sábado. Um dia depois, Espanha e Holanda decidirão quem será o campeão desta Copa do Mundo. Para a decisão, Löw arrisca um palpite.

"Acho que eles levarão o título, porque quando querem, são muito dominantes. Eles mudaram muito pouco nos últimos três anos, eles já jogam de uma forma automática", analisou o técnico alemão.

Löw reconheceu que a equipe sentiu falta de Thomas Müller, um jogador que "nos últimos jogos foi sempre perigoso e marcou gols".

"(Müller) teria caído muito bem na nossa maneira de jogar hoje", admitiu o técnico.

Löw não quis dizer se seguirá à frente da seleção alemã após o Mundial e se limitou a dizer que, seja quem for o técnico, a equipe tem muito futuro.

Nenhum comentário: