domingo, julho 25, 2010

Seleção brasileira teve apenas um técnico nordestino no comando



Foto: Reprodução/ O Globo

Globoesporte.com

Com a contratação de Mano Menezes, CBF confirma preferência por profissionais do Rio Grande do Sul. O mais novo treinador é o quarto gaúcho em toda história


Ele disse “Sim”. O técnico do Corinthians, Mano Menezes (foto), após a recusa de Muricy Ramalho, que preferiu seguir no Fluminense, afirmou nesta manhã de sábado, em uma rápida entrevista coletiva, no Parque São Jorge, que aceita o convite para ser o substituto de Dunga e ter como objetivo a preparação da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil.


A contratação do mais novo técnico do Brasil parece confirmar a preferência Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em contratar treinadores gaúchos. Em boa parte da história dos treinadores que atuaram com a seleção brasileira, durante os jogos da Copa do Mundo, isso pode ser verificado. A apreciação pelos gaúchos começou em 1978, com a chamada de Cláudio Coutinho, que nasceu em Dom Pedrito. Em 2002, Luiz Felipe Scolari, o Felipão – e internacionalmente “Big Phil” - nasceu em passo fundo. Pouco depois, em 2010, Dunga, que é de Ijuí, município que pertence ao Rio Grande do Sul, é convocado. O mais novo, também é gaúcho “tchê”. Mano Menzes é de Passo do Sobrado.


Nesse ranking, Minas Gerais, fica empatado com o Rio Grande do Sul. Já a região Nordeste foi a que menos chamou a atenção da CBF. No entanto, o treinador que representou a região, foi o que durou mais tempo no comando da seleção brasileira. Zagallo, comandou os trabalhos por três competições mundiais. Em 1970, 1974 e 1998. Sendo que em apenas uma delas, na década de 70, o Brasil foi vitorioso ao lado de Zagallo.


Apresentação oficial


A apresentação oficial de Mano Menezes, como técnico do Brasil, está marcada para segunda-feira (26), às 16h, na sede da Confederação Brasileira de Futebol, no Rio de Janeiro. No mesmo dia, Mano Menezes anunciará sua primeira convocação, já que o Brasil tem amistoso marcado para o dia 10 de agosto, contra os Estados Unidos, em Nova Jérsei.


Amistosos serão bastante comuns até a Copa de 2014, já que por ser o país sede do Mundial o Brasil não precisa participar das eliminatórias. Até lá, a Seleção participa também de duas competições oficiais: a Copa América, em 2011, na Argentina, e a Copa das Confederações, em 2013, no Brasil.


Mano Menezes será o responsável por fazer a reformulação da equipe, que nas duas últimas Copas do Mundo, na Alemanha e na África do Sul, parou nas quartas de final. Segundo o presidente Ricardo Teixeira, essa primeira convocação do ex-corintiano terá uma base formada por jogadores que atuam no Brasil.

Nenhum comentário: