segunda-feira, julho 05, 2010

Robinho se diz surpreso com saída de Dunga e elogia Mano e Felipão

por ESPN.com.br com Agência GE

Titular absoluto da seleção brasileira durante a Era Dunga, o atacante Robinho lamentou a demissão do técnico, que ocupava o cargo desde julho de 2006, quando substituiu Carlos Alberto Parreira, após a eliminação do Brasil na Copa do Mundo da Alemanha.

O jogador do Santos, que contava com a confiança de Dunga em seu futebol, se mostrou surpreso com a saída do treinador, comunicada pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira, neste domingo.

"Fui pego de surpresa com a demissão dele. O Dunga é uma excelente pessoa e ele tinha um ótimo relacionamento não só comigo, bem como com todo o grupo. Espero que se ele continuar como técnico de clubes, ele possa alcançar o sucesso em sua carreira", disse.

Desta forma, com a saída de Dunga do comando da seleção, candidatos começam a aparecer para ocupar o cargo. No entanto, Robinho preferiu se manter à margem dessa discussão, evitando dar a sua opinião sobre qual deve ser o perfil do novo treinador brasileiro.

"O perfil do novo técnico, só o Ricardo Teixeira (presidente da CBF) pode dizer. Espero só que o próximo comandante possa me convocar também", comentou.

Mas, apesar de não manifestar preferência por nenhum nome, o atacante elogiou bastante Mano Menezes, do Corinthians, e Luiz Felipe Scolari, o Felipão, do Palmeiras, apontados como os principais candidatos a assumir o posto deixado por Dunga.

"São dois grandes treinadores. Não tive a oportunidade, durante a minha carreira, de trabalhar com nenhum deles, entretanto, sei que são competentes. O Mano é um grande técnico, assim como o Felipão também é. O Felipão é um treinador vencedor, campeão mundial com a seleção (em 2002). Qualquer um dos dois que for escolhido a seleção vai estar bem servida", finalizou

Nenhum comentário: