segunda-feira, julho 05, 2010

Robinho isenta Felipe Melo e lamenta segundo tempo contra a Holanda

por ESPN.com.br com Agência GE

Em uma rápida entrevista coletiva, nesta segunda-feira, no CT Rei Pelé, o atacante Robinho falou sobre a eliminação da seleção brasileira após a derrota para a Holanda, por 2 a 1, na última sexta-feira, pelas quartas de final da Copa do Mundo. Para o 'Rei das Pedaladas', não houve um único culpado pela saída precoce do Brasil no Mundial.

Segundo o avante, a responsabilidade pelo revés é de todo o grupo brasileiro. O camisa 11 brasileiro na Copa também evitou apontar o técnico Dunga como o principal responsável pela eliminação. "Futebol é conjunto. Quando ganha todo mundo vence, assim como quando perde foram todos também. O Dunga não é o principal culpado pela derrota, assim como se tivesse ganho não seria ele o principal responsável", comentou.

Outro integrante da seleção que também foi bastante questionado, o volante Felipe Melo, também foi 'absolvido' de culpa por Robinho. Para o atacante, o meio-campista não pode ser responsabilizado pela derrota, apesar de ter sido expulso na metade do segundo tempo da partida contra os holandeses, quando o Brasil já perdia por 2 a 1 e tentava uma reação no duelo.

"O Felipe Melo é um grande jogador. Infelizmente, o torcedor brasileiro tem a mania de criar um herói quando ganha e um vilão quando perde. Não é assim. Quando ganha, todos são os responsáveis e quando perde, todos têm responsabilidade também", disse.

Sobre o jogo em si, o atleta acredita que a seleção brasileira teve uma boa atuação no primeiro tempo, porém, a equipe deveria ter tido mais atenção nos lances de bola aérea, na etapa complementar, que acabaram determinando a virada da Laranja Mecânica.

"Analisando friamente o jogo, nós pecamos no segundo tempo. O nosso primeiro tempo foi excelente, conseguimos colocar o nosso futebol em prática. No entanto, voltamos desligados após o intervalo, acabamos tomando dois gols. Nós ficamos de fora por causa de duas bobeiras nossas. É triste, a gente fica frustrado, mas agora é levantar cabeça e tentar ganhar a Copa do Mundo de 2014, que vai ser aqui, no Brasil, a nossa casa", encerrou Robinho.

Nenhum comentário: