domingo, julho 11, 2010

Robben lamenta gols perdidos e também reclama do juiz

Arjen Robben, peça-chave da Holanda, tenta fugir da marcação  espanhola

Arjen Robben, peça-chave da Holanda, tenta fugir da marcação espanhola

Crédito da foto: AFP

por Julio Gomes, de Johanesburgo (África do Sul), para o ESPN.com.br


O atacante holandês Robben lamentou as chances de gols que desperdiçou na derrota para a Espanha por 1 a 0 na final da Copa do Mundo. O jogador teve duas oportunidades de marcar na cara do gol antes de Iniesta definir o jogo no segundo tempo da prorrogação e errou as duas.

“Foi muito decepcionante o resultado. Tive duas grandes chances. Na primeira, o Iker Casillas fez uma grande defesa. Na segunda, foi um erro meu. O futebol é assim. Se tivesse convertido essas chances teria definido o jogo.”

Apesar de reconhecer suas falhas, Robben não deixou de criticar o árbitro da partida, o inglês Howard Webb. Seu companheiro de time, o meia Sneijder, também reclamou do juiz e disse que Iniesta deveria ter sido expulso po agressão a Van Bommel no segundo tempo e que o espanhol estava impedido quando marcou o gol da vitória na prorrogação. “Todo mundo só falava do árbitro no vestiário. Em final de Copa do Mundo tem que ter juiz de Copa do Mundo.”

Nenhum comentário: