domingo, julho 04, 2010

Prêmio fantasma

Melhores do mundo: Cannavaro (2006), Messi (2009), Kaká (2007) e  Cristiano Ronaldo (2008)

Fim da linha para os craques na Copa do Mundo de 2010 com o status de “melhor do mundo”. O italiano Fabio Cannavaro, o argentino Lionel Messi, o brasileiro Kaká e o português Cristiano Ronaldo, os únicos com esse prêmio, já estão eliminados. Até hoje, desde que o prêmio foi criado pela Fifa em 1991, nunca o melhor do mundo vigente (no caso, Messi) conseguiu ser campeão do mundo no ano seguinte.


Abaixo, o desempenho de todos os jogadores que participaram da Copa com o prêmio de melhor jogador de futebol do planeta (veja a lista dos melhores AQUI).


1994 – Lothar Matthäus (Alemanha, 1991), quartas de final; Roberto Baggio (Itália, 1993), vice-campeão.


1998 – Ronaldo (1996 e 1997), vice; Roberto Baggio (Itália, 1993), quartas de final.


2002 – Ronaldo (1996 e 1997) e Rivaldo (1999), campeões; Zidane (França, 1998 e 2000) e Luís Figo (Portugal, 2001), primeira fase.


2006 – Ronaldo (1996, 1997 e 2002) e Ronaldinho Gaúcho (2004 e 2005), quartas de final; Zidane (França, 1998, 2000 e 2003), vice; Luis Figo (Portugal, 2001), semifinal.


2010 – Cannavaro (Itália, 2006), primeira fase; Kaká (Brasil, 2007) e Lionel Messi (Argentina, 2009), quartas de final; Cristiano Ronaldo (Portugal, 2008), oitavas de final.


Alguns jogadores que receberam o prêmio nunca sequer participaram da Copa. Em 1994, o holandês Marco Van Basten, eleito o melhor do mundo dois anos antes, foi cortado por causa de uma lesão. Em 1998, o liberiano George Weah, africano eleito o melhor em 1995, não conseguiu classificar o seu país para o Mundial. Já Romário, que gnhou o prêmio em 1994, não disputou os Mundiais seguintes.

Nenhum comentário: