quarta-feira, julho 07, 2010

Müller é o mais valorizado da Copa, e Felipe Melo o maior perdedor, dizem especialistas

por Thiago Arantes, de Johanesburgo (África do Sul), para o ESPN.com.br


A Copa do Mundo ainda não terminou, mas o mercado do futebol internacional já começa a se mexer atrás de boas compras para a temporada que começa em agosto na Europa. E, entre as centenas de jogadores que disputam ou disputaram o Mundial, especialistas já apontam o alemão Thomas Müller como o grande beneficiado pelo evento - e o brasileiro Felipe Melo como o maior perdedor.

De acordo com o suíço Pius Minder, sócio da empresa que agencia a carreira de Thomas Müller, o jogador chegou à África do Sul com valor estimado em R$ 24 milhões. "Hoje, ninguém no Bayern de Munique atenderia o telefone para conversar sobre a venda dele por esta quantia", disse Minder ao jornal sul-africano The Star. De acordo com o jornal suíço Blick, as propostas pelo jogador devem girar agora na casa de R$ 95 milhões.

Segundo o empresário inglês Roger Wittmann, não é só o preço da negociação que aumenta consideravelmente. "Com uma boa Copa do Mundo, o jogador pode, no mínimo, duplicar seu salário", explicou ao The Star.

No outro lado desta supervalorização está o volante brasileiro Felipe Melo, considerado o grande vilão da derrota por 2 a 1 para a Holanda - ele foi expulso por entrada dura em Arjen Robben. Contratado pela Juventus por R$ 60 milhões, ele chegou ao Mundial com valor estimado em R$ 40 milhões, segundo o site transfermarket, especializado em negociações.

O mau desempenho de Felipe Melo motivou o Calciomercato, outro site especializado em transferências de jogadores, a publicar um artigo sobre o jogador. O titulo é direto: "Quem vai querer Felipe Melo agora?"

Nenhum comentário: