quarta-feira, julho 07, 2010

Mesmo chateado com Maradona, Di María quer que o técnico continue na seleção

http://planetaboleiros.files.wordpress.com/2008/11/di-maria1.jpg

por redação da revista ESPN


Di María reconhece. Não conseguiu repetir na Copa do Mundo o desempenho que costuma ter com a seleção argentina. Os motivos são conhecidos. Segundo o meia, Maradona o escalou em uma posição na qual ele não se sentia à vontade.

“É uma posição diferente, eu tinha que defender mais do que atacar, acabou pesando. A partir de agora, vou treinar mais nessa função. Não me senti tão confortável porque praticamente não havia jogado assim em minha carreira. Eu tive que me adaptar a um lugar onde nunca jogo. Não fui nada bem. Estou totalmente insatisfeito com o que fiz no Mundial”, disse.

Mesmo lamentando a eliminação precoce da equipe na Copa, Di María já pensa no futuro e coloca a Copa América, a ser disputada no ano que vem no país, como uma de suas prioridades.

“Temos que levantar a cabeça. Daqui a quatro anos, temos outro Mundial. Ainda há a Copa América pela frente. Pensávamos era possível chegar mais longe, mas futebol é assim. Não merecíamos a recepção que tivemos. Com a derrota que sofremos, nos surpreendeu tudo aquilo”, revelou.

Contratado pelo Real Madrid para a próxima temporada, o jovem jogador não demonstra mágoa com Maradona e espera que o técnico continue.

“Todos os atletas vêm pedindo, tomara que ele tome a melhor decisão e possa ficar”, disse.

Nenhum comentário: