sábado, julho 03, 2010

Maradona discute com torcedores alemães após eliminação e parte pra cima

Foto: AP

O técnico da Argentina, Diego Maradona, teve uma discussão acalorada com torcedores alemães após o fim da partida que marcou a eliminação argentina da Copa do Mundo. A equipe perdeu para a Alemanha por 4 a 0, na Cidade do Cabo.


Aparentemente xingado por alemães que estavam atrás do banco de reservas argentino, Maradona se aproximou e começou uma discussão até que Dalma, uma de suas filhas, entrou em campo e conteve o pai.


Houve desentendimentos também entre torcedores alemães e argentinos que estavam próximos ao local, o que agravou a situação.


Na coletiva de imprensa após a partida, Maradona ignorou o fato. Visivelmente abatido, disse que a eliminação nas quartas de final foi "a pior coisa que sofreu" em seus 50 anos de vida.


"Estar à frente de tantos bons jogadores, boas pessoas, bons profissionais, (a goleada) foi uma pancada de Muhammad Ali. Não tenho forças para nada", afirmou.


Maradona comparou sua tristeza com a que teve no dia em que encerrou sua carreira de jogador, mas assegurou que a dor atual é maior por ser mais recente.


O técnico disse que ainda não definiu se continuará no cargo, mas deu a entender que o deixará.


"Não vou pensar nisso agora. Tenho que falar com minha família, meus jogadores. Há várias coisas que precisam ser analisadas", explicou o maior ídolo do futebol argentino.


Yahoo.com.br

Nenhum comentário: