sábado, julho 10, 2010

Em jogo das viradas, Alemanha bate Uruguai e é 3ª colocada pela segunda Copa seguida

http://contenti1.espn.com.br/foto/grande/0_7f16a876-35ea-39b0-ac5e-16e620bf3ead.jpg

Uruguaio Fucile e alemão Jansen brigam pela bola na disputa do terceiro lugar

Crédito da foto: Reuters

por ESPN.com.br


O terceiro lugar da Copa do Mundo da África do Sul é da Alemanha. Neste sábado, a equipe do técnico Joachim Löw, que encantou o mundo com um futebol vistoso na competição, derrotou o Uruguai por 3 a 2 em um grande jogo disputado no Estádio Nelson Mandela Bay, em Porto Elizabeth.

Com o resultado, os alemães garantem a terceira colocação do Mundial pela segunda vez seguida. Em 2006, jogando em casa, os anfitriões levaram a melhor sobre Portugal e também terminaram no terceiro posto. O Uruguai sai do Mundial de cabeça erguida, em quarto lugar.

O jogo

A disputa pelo terceiro lugar da Copa do Mundo começou muito truncada no meio-de-campo e, mesmo com uma equipe bem diferente da que atuou durante todo o Mundial, a Alemanha partiu para cima e teve uma boa chance logo aos três minutos: em cobrança de falta, Schweinsteiger mandou a bola no primeiro pau, mas a zaga uruguaia afastou o perigo. A resposta de Celeste veio aos sete minutos, também em uma falta cobrada perto da área, mas Forlán chutou por cima do gol de Butt.

Mas a melhor oportunidade de abrir o marcador veio mesmo para a Alemanha, aos dez minutos de partida. Após cruzamento pela direita, Friedrich ganhou da zaga uruguaia pelo alto e, de cabeça, acertou o travessão do gol de Muslera. Na sobra, Müller tentou o chute, mas a defesa celeste tirou em cima da linha, evitando o primeiro gol alemão.

A pressão da equipe comandada pelo técnico Joachim Löw deu resultado aos 19 minutos. Após um chute forte de fora da área de Schweinsteiger, o goleiro uruguaio Muslera falhou feio, rebateu para o centro da área, e a bola sobrou limpa para Thomas Müller.



Enquanto Lugano erguia o braço, Thomas Müller tocava para as redes  e abria o placar: 1 a 0 Alemanha

Enquanto Lugano erguia o braço, Thomas Müller tocava para as redes e abria o placar: 1 a 0 Alemanha

Crédito da foto: AFP

O principal candidato ao prêmio de craque jovem da Copa só teve o trabalho para tocar para as redes e fazer Alemanha 1 a 0. Foi o quinto gol de Müller no Mundial e, com ele, o jogador se igualou ao espanhol David Villa.

Jogadores alemães comemoram gol de Müller, o primeiro da Alemanha  contra o Uruguai
Jogadores alemães comemoram gol de Müller, o primeiro da Alemanha contra o Uruguai
Crédito da imagem: AFP


Curiosamente, foi exatamente a partir de uma falha de Schweinsteiger, que inicou a jogada do gol da Alemanha, que o Uruguai chegou ao empate aos 28 minutos. O meio-campista alemão cochilou e perdeu a bola para Diego Pérez, que acionou Suárez no campo de ataque. O jogador uruguaio fez belo lançamento para Cavani, que invadiu a área e tocou na saída do goleiro Butt: 1 a 1.

Antes do fim da primeira etapa, o Uruguai teve uma chance incrível de virar o jogo. Suárez foi lançado em velocidade pela direita, dominou, invadiu a área, mas chutou mal, à direita do gol de Butt. Aos 43, a Alemanha assustou em cobrança de falta de Schweinsteiger, mas a bola foi para fora. Foi o último grande lance dos primeiros 45 minutos de partida, e as duas seleções foram para o vestiário em igualdade no placar: 1 a 1 em um jogo equilibrado.

Na etapa complementar, a primeira grande chance de gol foi do Uruguai. Logo aos dois minutos, Cavani foi acionado pela esquerda, invadiu a área e tocou na saída do goleiro Butt, que fez bela defesa. No rebote, a bola sobrou para Suárez, que chutou mal, fraco, e novamente o goleiro do time bávaro evitou o segundo gol da Celeste.

Mas o segundo gol dos bicampeões mundiais não demoraria a sair. E em grande estilo, um golaço do melhor jogador do Uruguai na Copa do Mundo da África do Sul. Aos seis minutos, Arévalo Rios fez ótima tabela com Suárez pela direita e levantou para a área. Diego Forlán pegou de primeira, sem deixar a bola cair, da entrada da área, e colocou no ângulo do gol de Butt: Uruguai 2 x 1 Alemanha.

O alemão Jansen subiu de cabeça e se aproveitou da falha do  goleiro Muslera para fazer 2 a 2

O alemão Jansen subiu de cabeça e se aproveitou da falha do goleiro Muslera para fazer 2 a 2

Crédito da foto: AFP


Crédito da foto: AFP

Não deu nem tempo para comemorar. Aos 11 minutos, o goleiro uruguaio Muslera falhou de novo e colaborou para a Alemanha chegar ao empate: após um levantamento da direita, o arqueiro da Celeste saiu mal e, de cabeçam, Jansen tocou para as redes e fez 2 a 2 em Porto Elizabeth.

A camisa da Alemanha pesou no fim do jogo, aos 37 minutos, quando o time bávaro chegou ao gol da vitória e que garantiu a terceira colocação do Mundial. Após cobrança de escanteio pela direita, a zaga uruguaia falhou de novo, a bola bateu em Lugano e sobrou limpa para Khedira, que tocou para o fundo do gol: Alemanha 3 a 2, e o terceiro lugar garantido pela segunda vez seguida em Copas.

FICHA TÉCNICA
URUGUAI 2 X 3 ALEMANHA

Local: Estádio Nelson Mandela Bay, em Porto Elizabeth (África do Sul)
Data: 10/07/2010 (sábado)
Horário: 15h30 (de Brasília)
Árbitro: Benito Archundia (MEX)
Auxiliares: Hector Vergara (CAN) e Marvin Torrentera (MEX)
Cartões amarelos: Aogo, Cacau e Friedrich (Alemanha); Diego Pérez (Uruguai).
Gols: Müller (Alemanha), aos 19 minutos; Cavani (Uruguai), aos 28 minutos do primeiro tempo. Forlán (Uruguai), aos 6; Jansen (Alemanha), aos 11, e Khedira (Alemanha), aos 37 minutos do segundo tempo.

URUGUAI: Muslera, Maxi Pereira, Lugano, Godín e Cáceres; Diego Pérez (Gargano), Arévalo, Fucile e Forlán; Cavani (Loco Abreu) e Suárez.
Técnico: Oscar Tabárez.

ALEMANHA: Butt, Boateng, Friedrich, Mertesacker e Aogo; Khedira, Schweinsteiger, Özil (Tasci), Müller e Jansen (Kroos); Cacau (Kiessling).
Técnico: Joachim Löw.

Nenhum comentário: