sábado, julho 03, 2010

Em duelo de 5 títulos, Alemanha e Argentina põem melhores ataques à prova

http://contenti1.espn.com.br/foto/grande/0_3cb463e9-193d-3323-a24c-84eb002e7320.jpg

Alemanha vem de goleada diante da Inglaterra: 4 a 1 nas oitavas

Crédito da foto: Reuters

por ESPN.com.br


Alemanha e Argentina reúnem a maior história entre os confrontos das quartas de final desta Copa. Com duas finais no currículo e adversários nesta mesma fase em 2006, os rivais deste sábado, às 11h de Brasília, na Cidade do Cabo, colocam em campo os melhores ataques do Mundial, a maior goleada das oitavas, o grande jogador do futebol atual e um técnico que, além de ter uma rivalidade pessoal com o adversário, é tido como dos grandes personagens do torneio na África do Sul.

Tamanho o número de ingredientes para o clássico de cinco títulos mundiais apimentou as declarações durante a semana. "Eu estava mais preocupado com o México do que estou agora com a Alemanha. Os mexicanos praticam um melhor futebol que os alemães", disse o atacante argentino, Carlos Tevez. O meio-campista Schweinsteiger, pelo lado dos europeus, criticou a catimba dos sul-americanos. "Nós sabemos como joga a Argentina. Eles têm u grande time e seguramente vão usar outros artifícios, tentando influenciar o árbitro".

Como não poderia deixar de ser, o técnico Maradona respondeu: "Qual é o problema, Schweinsteiger? Você está nervoso?" Lahm, capital alemão, não deixou por menos. "Todos os sul-americanos são temperamentais e não gostam de perder. Vamos ver como eles irão lidar com mais uma derrota".

Maradona tem, inclusive, participação direta nas duas decisões que envolveram as seleções. Em 1986, era o capitão da seleção argentina que venceu a Alemanha no Estádio Azteca por 3 a 2; em 1990, novamente com a braçadeira e a camisa 10, perdeu a revanche por 1 a 0 em Roma.

Alemanha, com 10, e Argentina, com 9 gols, têm ataques inspirados  no Mundial
Alemanha, com 10, e Argentina, com 9 gols, têm ataques inspirados no Mundial
Crédito da imagem: Reuters

02Ao todo, as gigantes do futebol mundial já se encontraram por cinco vezes numa Copa. Em 1958, deu Alemanha, em 66 um empate por zero a zero, e na última edição, em 2006, vitória alemã nos pênaltis após igualdade em 1 a 1. Neste ano, 1 a 0 para a Argentina em amistoso realizado em solo alemão.

Na África do Sul, a Argentina tem nove gols marcados em quatro vitórias, sobre Nigéria, Coreia do Sul, Grécia e México. O artilheiro do time é Higuaín, com quatro gols, enquanto Messi, grande nome do elenco e atual melhor do mundo segundo eleição da Fifa, ainda não balançou as redes.

Já a Alemanha chega às quartas após golear a Inglaterra por 4 a 1 e somar dez gols no Mundial. Na primeira fase, passou pela Austrália e Gana, mas perdeu para a Sérvia no segundo jogo.

Para o jogo, os times titulares não devem ter problemas. O meia alemão Podolski, que sentia dores musculares, treinou normalmente nesta sexta-feira e deve começar o jogo. O único possível desfalque é o atacante Cacau, que também treinou, mas depois de três dias se tratando de lesão na coxa pode ir para o banco sem estar nas melhores condições.

FICHA TÉCNICA:
ALEMANHA X ARGENTINA

Local: Estádio Green Point, na Cidade do Cabo (África do Sul)
Data: 03/07/2010 (sábado)
Horário: 11h de Brasília
Árbitro: Ravshan Irmatov (UZB)

ALEMANHA: Neuer; Lahm, Mertesacker, Friederich e Boateng; Schweinsteiger, Khedira, Podolski, Özil e Muller; Klose.
Técnico: Joachim Low

ARGENTINA: Romero; Otamendi, Burdisso, Demichelis e Heinze; Mascherano, Maxi Rodríguez, Dí Maria e Messi; Tevez e Higuaín.
Técnico: Maradona

Nenhum comentário: