segunda-feira, julho 05, 2010

Belluzzo já admite dividir Scolari com a Seleção


por Leonardo Mendes Júnior, da revista ESPN


O Palmeiras já admite a possibilidade de dividir Luiz Felipe Scolari com a seleção brasileira. Após negar-se a “meiar” o treinador, o presidente do clube, Luiz Gonzaga Belluzzo, em entrevista à revista ESPN, mudou o tom do seu discurso e, embora não considere a solução ideal, irá conversar com o gaúcho a respeito.

“O Palmeiras não acha conveniente [dividir o treinador com a Seleção], mas não pode se opor de maneira intransigente. Preciso conversar com o Felipão e saber qual o interesse dele”, afirmou o dirigente à revista. A conversa deve ocorrer na próxima semana, quando Felipão chega ao Brasil.

Durante a negociação, Scolari e Palmeiras conversaram sobre a possibilidade de o treinador voltar à Seleção. No fim, os dois lados preferiram não estabelecer regra rígida nem estipular cláusulas contratuais. A porta, porém, ficou aberta e o acordo entre as partes, apalavrado até o fim de 2012, só será assinado semana que vem. “Se vier [convite da CBF], a gente conversa. Também dá para ele conduzir o Palmeiras e a Seleção paralelamente”, disse o vice de futebol Gilberto Cipullo.

Antes de acertar com o Palmeiras, Scolari negociou também com Flamengo e Internacional. Os bastidores do retorno do treinador pentacampeão ao futebol brasileiro estão na edição de julho da revista ESPN, que chega às bancas após o encerramento da Copa do Mundo da África do Sul.

Nenhum comentário: