quarta-feira, junho 16, 2010

Técnico francês, campeão em 98, diz que Brasil é maior favorito ao título

por ESPN.com.br com Agência EFE


O ex-treinador Aimé Jacquet, que comandou a seleção francesa na conquista do título mundial em 1998, apontou o Brasil como maior favorito a levantar a taça na Copa do Mundo da África do Sul.


"O Brasil (é o principal candidato), com a Espanha logo abaixo. Depois, talvez um país africano, Argentina e Alemanha. E também é bom ficar de olho na Inglaterra. Mesmo que não tenha começado bem a Copa do Mundo, não tenho dúvida de que vai melhorar muito com o decorrer das partidas, disse Jacquet em entrevista ao site da Fifa.


O ex-técnico, de 68 anos, elogiou as seleções africanas, e disse que pelo menos uma delas chegará longe no torneio, ainda que não seja campeã.


"Acho que podem surpreender. A Costa do Marfim tem uma formação excepcional, mas está em um grupo difícil. Gana já demonstrou que sempre é um adversário complicado. A Nigéria conseguiu suportar bem a Argentina, e é uma pena que tenha perdido, porque gostei muito da ambição que mostrou. Pelo que vi até agora, posso dizer que haverá uma seleção africana na reta final", comentou.


Jacquet evitou ainda fazer críticas mais pesadas sobre o desempenho mostrado pela França e foi otimista quanto às chances de vitória dos 'Bleus' sobre o México, pela próxima rodada do grupo A, nesta quinta-feira.


"A partida é muito difícil de prever, e me parece que as possibilidades são iguais para ambos os lados. Sabemos que a França ainda não mostrou a sua verdadeira cara. Se conseguir mostrá-la, acho que poderemos vencer o México. Pelo menos temos jogadores para tanto. Mas precisamos estar cem por cento no aspecto físico e mental", explicou.

Nenhum comentário: