quinta-feira, junho 17, 2010

Técnico coreano reclama de gestos de Maradona durante a partida

por Julio Gomes, de Johanesburgo (África do Sul), para o ESPN.com.br


Huh Jung Moo e Diego Maradona são velhos conhecidos. Na Copa de 1986, o atual técnico sul-coreano era jogador e ficou conhecido por fazer falta atrás de falta, algumas com violência, no atual treinador argentino. Hoje, não teve carrinho. Mas farpas foram trocadas.


Durante o primeiro tempo, após uma falta sobre Messi, Maradona começou a gesticular em direção ao banco coreano, reclamando das repetidas faltas.


"Não foi muito apropriado o que ele estava fazendo. Não entendi o que Maradona estava tentando falar para mim. Fisicamente tem muita coisa acontecendo no campo e não é apropriado falar com o outro treinador. Estávamos tentando acalmar os jogadores", reclamou Jung Moo.


Com uma vitória contra a Grécia e a goleada de 4 a 1 sofrida contra a Argentina, a Coreia segue com chances de ir às oitavas de final e só depende de si no último jogo, contra a Nigéria.


"Nossos jogadores lutaram muito, mas não controlamos o fluxo do jogo e isso foi decisivo. No segundo tempo, tivemos a chance de empatar e mudar a história da partida. Eles tiveram sorte no primeiro gol e perdemos muitas oportunidades. Lutamos muito contra a Argentina, um time cheio de estrelas, e aprendemos muitas lições. No último jogo, vamos decidir a vaga nas oitavas. Vamos reavaliar nosso jogo, analisar e nos preparar para a partida contra a Nigéria", concluiu.

Nenhum comentário: