quarta-feira, junho 09, 2010

Santa Cruz sai na frente, permite virada e termina no empate com o Fortaleza

Os gols do Santa Cruz foram marcados por Jackson e Menezes; Jhones e André Turato marcaram pelo Fortaleza

Da Redação do pe360graus.com


Após cerca de 40 dias sem disputar uma partida oficial, o Santa Cruz entrou em campo nesta quarta-feira (09) contra o Fortaleza, pela primeira rodada da Copa do Nordeste. Mesmo saindo na frente, a equipe pernambucana não conseguiu segurar o resultado e acabou empatado em 2 a 2, no estádio Castelão, na capital cearense.



O Tricolor pernambucano abriu o placar com Jackson, aos 20 minutos do primeiro tempo. Aos 40 minutos, Jhones empatou a partida para o time da casa. A virada veio aos 18 minutos do segundo tempo com André Turato, mas o zagueiro Menezes empatou para a equipe coral aos 32 minutos.



O Santa Cruz volta a jogar pela Copa do Nordeste no domingo (13), às 18h, contra o Fluminense-BA, no Arruda.



O JOGO
A partida começou pontualmente, às 21h. O primeiro lance do Santa Cruz veio nos pés de Paulo César, que tentou o gol com um chute de fora de área aos três minutos. Mas o atleta pegou muito embaixo da bola e mandou pra fora.



As jogadas que se seguiram mostraram um jogo truncado, sem emoção e nenhuma chance real de gol. Aos 10 minutos, o juiz enxergou falta pesada de Bruno de Jesus e mostrou o primeiro cartão amarelo do jogo.



A marcação do Fortaleza mostrou serviço e anulou os laterais tricolores, que não conseguiam sair para o jogo. A aparente vantagem não foi bem aproveitada pela equipe cearense, que não conseguia chegar ao ataque.



Aos 24 minutos, Reginaldo Júnior e Paulo Isidoro participaram de uma jogada bastante perigosa. O primeiro mandou um verdadeiro foguete, Tutti cedeu o rebote, e o segundo tentou novamente. Bem colocado, o goleiro tricolor tirou a bola com o pé esquerdo e impediu que o time adversário abrisse o placar.



O Fortaleza começou a gostar do jogo e minutos após as belas defesas de Tutti, Bismarck fez boa tabela com Bruno de Jesus, que chutou em direção ao gol. Para sorte do Santa, Luiz Eduardo cortou a jogada.



O time recifense reagiu logo em seguida: Paulo César arrancou, trocou passes com Souza, que passou a bola para Jackson dominar e marcar o primeiro gol do Santa Cruz aos 29 minutos do primeiro tempo.



A partir daí, o jogo ganhou ritmo, com boas oportunidades dos dois lados. Logo após o gol tricolor, o Fortaleza correu atrás do prejuízo e criou boas oportunidades. A primeira delas foi pela direita: Reginaldo Júnior soltou uma bomba para Tutti, que mandou para escanteio. Aos 33 minutos, Peter viu que Tutti estava adiantado e soltou um foguete que atingiu o travessão do gol tricolor. Minutos depois, Evandro chegou forte em jogador adversário e ganhou um cartão amarelo.



O Fortaleza continuou pressionando e o resultado do esforço veio aos 40 minutos: Jhones aproveitou a sobra, percebeu o adiantamento de Tutti e encobriu o goleiro, que nada conseguiu fazer para impedir o empate.



O início da etapa complementar não mostrou nenhuma mudança na atuação das duas equipes. O Santa continuou sem ter boa saída de jogo, embora o Fortaleza não pressionasse tanto como no primeiro tempo. Por volta dos dez minutos, Ricardo Baiano derrubou Jackson e o juiz puniu o jogador com um cartão amarelo.



Aos 15 minutos, Guto cobrou uma falta envenenada: a bola desviou na barreira e chegou nas mãos de Tutti cheia de efeito, mas o goleiro ainda conseguiu espalmar e mandar para escanteio. Dois minutos depois, Luiz Eduardo faz falta em cima da linha e ganha cartão amarelo. Na cobrança, Peter cobra a falta e Turato cabeceia na área, marcando o segundo e virar o placar.



Tentando reverter a situação, Dado Cavalcanti retirou Joelson e colocou em seu lugar o jovem Victor Hugo. O Fortaleza também mudou, trocando Bismarck por Gaibu aos 26 minutos.



A mudança surtiu efeito e, aos 32 minutos, Victor Hugo cobrou perfeitamente um escanteio, mandando a bola diretamente para Menezes, que cabeceou e empatou o jogo.


Após o gol, Dado Cavalcanti fez nova mudança, tirando o volante Evandro e colocando em campo o também volante Wellington. Logo depois, o técnico do Fortaleza fez nova mudança: colocou Tatu no lugar de Paulo Izidoro. Faltando apenas três minutos para o fim, o autor do gol Menezes saiu para a entrada de Júlio César.



No final do jogo, Souza ainda cometeu uma falta dura e recebeu cartão amarelo.



FICHA DO JOGO



FORTALEZA
Fabiano, Peter, Leomar, André Turato e Guto; Ricardo Baiano, Bismarck (Gaibu), Bruno de Jesus (Coquinho) e Paulo Isidoro (Tatu); Jhones e Reginaldo Júnior
Técnico: Zé Teodoro



SANTA CRUZ

Tutti, Menezes (Júlio César), Leandro Cardoso e Luiz Eduardo; Goiano, Paulo César, Evandro (Wellington), Dedé e Jackson; Joelson (Victor Hugo) e Souza
Técnico: Dado Cavalcanti



Local: Castelão
Árbitro: Ítalo Medeiros (RN)
Assistentes: José da Silva Sobrinho e Valdomiro Antônio (RN)

Nenhum comentário: