terça-feira, junho 29, 2010

Jornalista é preso por facilitar entrada de torcedor no vestiário da Inglaterra

por ESPn.com.br


As autoridades sul-africanas anunciaram nesta terça-feira a prisão de um jornalista inglês que teria ajudado um torcedor a entrar no vestiário da seleção da Inglaterra após o empate sem gols com a Argélia, no último dia 18.

Pavlos Joseph foi detido dois dias após o incidente, sob a acusação de violação de propriedade, tendo sido posto em liberdade depois do pagamento de fiança. Ficou, no entanto, proibido de assistir a jogos da Copa do Mundo até que seja levado a julgamento.

Agora, a investigação considerou haver provas que a invasão ao vestiário inglês foi orquestrada por vários indivíduos, seguindo assim a prisão de Simon Wright, ligado ao Sunday Mirror.

"Temos razões para crer que foi um incidente orquestrado com o propósito de pôr em xeque a segurança da Copa do Mundo e, possivelmente, obter algum benefício", afirmou o porta-voz da polícia, Bekhi Zele, em entrevista coletiva em Pretória.

O jornalista entrevistou o intruso depois da partida e as declarações foram reproduzidas por jornais de todo o mundo. "Enquanto a polícia sul-africana procurava Pavlos sem saber sequer seu nome, o invasor tomava café da manhã tranquilamente com o Sunday Mirror", escreveu Wright no dia seguinte ao incidente.

Nenhum comentário: