quarta-feira, junho 30, 2010

Imprensa portuguesa procura razões para eliminação na Copa

por ESPN.com.br com Agência EFE


A imprensa portuguesa amanheceu nesta quarta-feira se lamentando e procurando explicações para a derrota da seleção do país para a Espanha por 1 a 0 e a eliminação nas oitavas de final da Copa do Mundo da África do Sul.

"Lágrimas, desespero e polêmica" é a manchete do jornal desportivo A Bola. "Portugal volta para casa sem história, sem glória e sem surpresa", acrescenta a publicação.

O Diário de Notícias considerou que "Portugal foi eliminado após um erro" do treinador Carlos Queiroz, que substituiu o atacante Hugo Almeida, e ressaltou que o capitão Cristiano Ronaldo disse que a imprensa deveria pedir explicações ao treinador.

O jornal disse que Queiroz não tem ambição, e assinalou que foi por isso que substituiu o atacante, quando ele levava o time à frente.

Por sua parte, o jornal esportivo Record afirmou que "não existia um plano B, e sem Cristiano Ronaldo era difícil", enquanto se perguntou se o esquema da seleção limita o jogo do capitão ou se é o jogador que não está em seu melhor momento.

"Que fizemos nós para merecer isto?", se pergunta o Público em sua capa. O jornal assinalou que a "aventura africana termina aos pés de Villa e na estratégia de Queiroz".

"Portugal eliminado com um gol milimetricamente fora de jogo", indicou e acrescentou que "a tática de contenção falhou e só o goleiro Eduardo se superou".

Matérias do Jornal "A Bola" de Portugal:

«Portugueses não sabem valorizar Ronaldo» - Jesus
Por António Barroso


O treinador do Benfica, a falar com os jornalistas à margem da apresentação da nova camisola alternativa das águias, considera que Cristiano Ronaldo não tem recebido o crédito que lhe é devido e que as declarações do avançado do Real Madrid foram «um desabafo sem intenção de atingir» Carlos Queiroz.

«A declaração do Cristiano Ronaldo, quem está habituado a lidar com jogadores sabe que aquilo [n.d.r - «perguntem a Carlos Queiroz»] não foi nenhum desabafo específico. Aquilo foi um desabafo normal, não foi com intenção de melindrar alguém. O problema é que o Cristiano Ronaldo tem um enorme reconhecimento do jogador que é...», afirmou o técnico dos «encarnados», acrescentando que «há muita gente em Portugal que não sabe valorizar o Ronaldo.

«Em Espanha é um jogador muito acarinhado, respeitado. Em Portugal não. Não o valorizamos e isso é algo do nosso país», prosseguiu.

Assim, Jesus sublinhou que é preciso dar a Cristiano o valor que lhe é reconhecido lá fora, mesmo que o «capitão» da equipa das Quinas não consiga as exibições esperadas. «Temos que o valorizar, não esteve tão bem, mas os grandes jogadores são assim», salientou.

Johan Cruyff não gosta da forma como Dunga colocou o Brasil a jogar (foto AP)
«Nunca pagaria para ver este Brasil jogar» - Cruyff
Por Redacção

A forma de jogar do Brasil não tem encantado nem os adeptos, nem Johan Cruyff, seleccionador da Catalunha, que foi peremptório ao afirmar que «nunca pagaria» para ver a “canarinha” com o estilo de jogo actual.

«O Brasil tem jogadores com muito talento, mas que jogam de uma forma muito defensiva e pouco interessante. É uma vergonha para os adeptos e para o torneio, porque é uma das equipas que toda a gente quer ver», atirou o antigo internacional holandês.

Recorde-se que o escrete tem encontro marcado com a Holanda para a próxima sexta-feira, naquele que será o primeiro jogo dos quartos-de-final do Mundial.

BRASIL
Elano lesionou-se frente à Costa do Marfim, após uma dura entrada de Tioté, que nem falta foi, e poderá falhar o resto do Mundial. Por isso, o médio queixou-se que os árbitros estão a permitir demasiada violência.

BRASIL
O internacional brasileiro Elano não vai recuperar a tempo de ajudar a «canarinha» na partida frente à Holanda. A participação do jogador no Mundial poderá mesmo ter chegado ao fim.

Nenhum comentário: