sábado, junho 19, 2010

Holanda desencanta no 2º tempo, bate o Japão e fica perto das oitavas

Torcida holandesa faz a festa na vitória sobre o Japão
Crédito da imagem: Reuters


Os holandeses podem se classificar às oitavas de final já neste sábado, caso Camarões e Dinamarca empatem em duelo que acontece às 15h30 (horário de Brasília). Com o triunfo deste sábado, a Holanda também atinge a marca de 21 jogos de invencibilidade. O Japão estaciona nos três pontos após duas rodadas do Mundial.


A Holanda encerra sua participação na primeira fase do Mundial no próximo dia 24, contra Camarões, às 15h30 (horário de Brasília), na Cidade do Cabo. Os japoneses, por sua vez, voltam a campo pela última rodada do grupo E também no dia 24, no mesmo horário, mas diante da Dinamarca, em Rustemburgo.


Goleiro Kawashima falha feio no único gol holandês
Crédito da imagem: Reuters


O jogo


Contando com a 'ajuda' do goleiro japonês Kawashima, Sneijder fez o gol da Holanda e vibrou muito


Enfrentando a boa marcação da seleção japonesa, a Holanda chegou pela primeira vez com perigo ao gol adversário aos quatro minutos. Van Persie foi acionado pela esquerda e dominou bem, fazendo o cruzamento, mas a bola passou por toda a área do Japão antes de a zaga nipônica afastar o perigo.


Aos oito minutos, em cobrança de falta, Sneijder voltou a ameaçar o adversário, mas a bola foi por cima do gol de Kawashima. O lance que originou a falta quase tirou o japonês Komano da partida: ele derrubou Van Persie e cometeu a falta, mas acabou atingido no rosto pelo holandês e teve de ser atendido do lado de fora do gramado. Mas retornou ao campo pouco depois.


O primeiro bom momento do Japão na partida aconteceu aos dez minutos da etapa inicial. Após uma bela tabela no campo de ataque, a bola sobrou para Nagatomo, que chutou forte de fora da área e assustou o goleiro holandês Stekelenburg.


Ao longo do primeiro tempo, apesar de dominar as ações e ter maior posse de bola, a equipe comandada pelo técnico Bert van Marwijk encontrou dificuldades para furar o bloqueio defensivo imposto pelos japoneses. A Holanda não teve objetividade, criou poucas chances de gol e foi para o intervalo decepcionando seus torcedores em Durban.


Contando com a 'ajuda' do goleiro japonês Kawashima, Sneijder fez o  gol da Holanda e vibrou muito

Contando com a 'ajuda' do goleiro japonês Kawashima, Sneijder fez o gol da Holanda e vibrou muito

Crédito da imagem: Reuters




Reação na etapa final


O segundo tempo começou um pouco mais movimentado que os primeiros 45 minutos. Logo aos cinco, a Holanda chegou com perigo com Van Persie, lançado pelo lado esquerdo do campo. Ele arriscou o chute, mas pegou mal e a bola saiu sem direção. Dois minutos depois, aos sete, Van der Vaart cobrou falta e levantou para a área, mas o brasileiro naturalizado japonês Marcus Tulio Tanaka afastou o perigo.


A pressão inicial resultou no gol holandês, aos nove minutos. Após cruzamento na área japonesa, Tanaka tirou mal de cabeça, e a bola sobrou para Sneijder, que chutou da entrada da área. O goleiro Kawashima falhou feio e espalmou para dentro do próprio gol, em mais um “frango” na Copa do Mundo da África do Sul: Holanda 1 a 0.


Com a entrada de Nakamura no lugar de Matsui, o técnico do Japão, Takeshi Okaka, adotou uma postura um pouco mais ousada em busca do empate. E sua equipe quase chegou ao gol aos 19 minutos, com Okubo, que arriscou da entrada da área e viu a bola passar com muito perigo à esquerda do gol de Stekelenburg.


Aos 23, outra boa chance: Komano disparou com a bola dominada pela direita e cruzou rasteiro, mas a zaga holandesa cortou antes que a bola chegasse ao atacante Honda. Até o apito final do árbitro argentino Héctor Baldassi, os holandeses administraram o resultado e garantiram mais três pontos, com as chances de classificação bem encaminhadas.


FICHA TÉCNICA
HOLANDA 1 X 0 JAPÃO


Local: Estádio Moses Mabhida, em Durban (África do Sul)
Data: 19/06/2010 (sábado)
Horário: 8h30 (de Brasília)
Árbitro: Héctor Baldassi (ARG)
Assistentes: Ricardo Casas (ARG) e Hernan Maidana (ARG)
Cartão amarelo: Van der Wiel (Holanda)
Gol: Sneijder (Holanda), aos nove minutos do segundo tempo.


HOLANDA: Stekelenburg; Van der Wiel, Heitinga, Mathijsen e Van Bronckhorst; De Jong, Van Bommel, Sneijder (Afellay), Van der Vaart (Elia) e Kuyt; Van Persie (Huntelaar).
Técnico: Bert van Marwijk.


JAPÃO: Kawashima; Komano, Nakazawa, Marcus Túlio Tanaka e Nagatomo; Abe, Endo, Matsui (Nakamura), Hasebe (Okasaki) e Okubo (Tamada); Honda.
Técnico: Takeshi Okaka.

Nenhum comentário: