sábado, junho 12, 2010

Diante da Coreia do Sul, 'defensiva' Grécia tenta primeira vitória em Copas

undefined

Gekas (à esq.) e Park Ji-Sung são as esperanças de Grécia e Coreia do Sul

por Antônio Strini, da redação do ESPN.com.br


A partida Grécia x Coreia do Sul abre o grupo 2 da Copa do Mundo da África do Sul, neste sábado, às 8h30 (de Brasília), no Estádio de Port Elizabeth. A ESPN Brasil e a Rádio Eldorado/ESPN transmitem ao vivo, e você também pode acompanhar pelo tempo real do ESPN.com.br.


Surpreendentes campeões da Eurocopa-2004 em Portugal, a seleção grega inicia apenas sua segunda participação em Mundiais: a única até agora aconteceu nos Estados Unidos, em 1994, e o saldo foi horrível, com três derrotas nos três jogos.



Para tentar a primeira vitória em Copas do Mundo, os gregos apostam no experiente técnico alemão Otto Rehhagel, de 71 anos, exatamente o 'professor' do título inédito de seis atrás. Um maestro que já explicou a seus alunos qual a fórmula para que tudo dê certo na estreia.



"Eu pedi para que os jogadores sejam muito cuidadosos, estejam focados e, acima de tudo, muito atentos. Na escola, se você não presta atenção, tem que escrever duas páginas de lição de casa extra. Eu disse aos jogadores que se pensarem por uma fração de segundo e não prestarem atenção no jogo serão arduamente punidos", afirmou o treinador.


Porém, o futebol praticado pela seleção grega ainda carrega muito daquele da vitoriosa Eurocopa: a forte defesa. Dessa forma derrubou Portugal (duas vezes, a última na final) e República Tcheca, com jogadas de bola parada garantindo as vitórias. E em 2010 nada mudou.



"Está claro que temos vantagem na questão da altura em relação ao nosso primeiro adversário", disse o meia Alexandros Tziolis. Os experientes Karagounis, Katsouranis e Charisteas, na habilidade de Gekas e no oportunismo do grandalhão Samaras.



Já a envelhecida Coreia do Sul, em sua quarta participação consecutiva no torneio, aposta como sempre na velocidade de seu ataque para surpreender a Grécia. O técnico Huh Jung-Moo sabe do poderio aéreo dos gregos, mas diz que esta não será a grande dificuldade e, por isso, esconderá a escalação até momentos antes da partida.



"Este é o momento para mostrar que nosso futebol melhorou e não foi apenas na Ásia. Será difícil ler a estratégia de Otto Rehhagel, porque ele é muito experiente. Como eles têm jogadores muito mais altos, devem apostar nas jogadas aéreas, mas não acho que esta diferença de altura será tão decisiva. Se fosse assim, jogaríamos com o time de basquete do nosso lado", ironizou.



Mais uma vez, o meia Park Ji-Sung, do Manchester United, é a grande esperança.



FICHA TÉCNICA:
GRÉCIA X COREIA DO SUL


Local: Estádio Nelson Mandela, em Port Elizabeth (África do Sul)
Data: sábado, 12/06/10
Horário: 11h (horário de Brasília)
Árbitro: Michael Hester (NZL)
Assistentes: Jan-Hendrik Hintz e Tevita Makasini (NZL)



Grécia: Michalis Sifakis; Sotiris Kyrgiakos, Loukas Vyntra, Vangelis Moras e Nikos Spiropoulos; Georgios Karagounis, Alexandros Tziolis, Kostas Katsouranis e Fanis Gekas; Dimitris Salpigidis e Georgios Samaras.
Técnico: Otto Rehhagel.



Coreia do Sul: Lee Woon-jae; Lee Jung-soo, Kim Hyung-il, Oh Beom-seok e Lee Young-pyo; Ki Sung-yong, Kim Jung-woo, Park Ji-sung e Lee Chung-yong; Park Chu-young e Yeom Ki-hoon.
Técnico: Huh Jung-Moo.

Nenhum comentário: