sexta-feira, junho 18, 2010

De Rossi: "Vitória sobre Nova Zelândia é obrigação e Itália deve chegar às semis"

De Rossi colocou vitória sobre neo-zelandeses como obrigação
De Rossi colocou vitória sobre neo-zelandeses como obrigação
Crédito da imagem: AFP


por Julio Gomes, de Pretória (África do Sul), para o ESPN.com.br


Daniele de Rossi é um dos jogadores preferidos dos jornalistas italianos. É daqueles que falam o que pensam, dão boas declarações, que rendem polêmicas e manchetes. Hoje, na Casa Azzurri, literalmente a casa da Itália em Pretória, não foi diferente.


"Há times contra quem temos que ganhar, porque somos superiores. Não devemos nos basear na qualidade deles, devemos fazer a nossa partida", disse o volante sobre o jogo contra a Nova Zelândia, domingo, em Nelspruit.


O Grupo F está completamente embolado, já que os dois jogos acabaram empatados em 1 a 1 na rodada inicial. A Itália empatou com o Paraguai, enquanto a Nova Zelândia arrancou o resultado nos acréscimos contra a Eslováquia.


"Perder da Nova Zelândia seria arriscar ficar fora, como aconteceu com a França, que agora está em situação dramática. Seria um fracasso absoluto não passar de fase, e seria um fracasso não passar das oitavas. É um pouco estranho dizer que chegar entre os quatro está bom. Mas quando você está entre os quatro pode encontrar Brasil, Argentina, Inglaterra, Espanha... tudo pode acontecer. A Itália tem que chegar pelo menos na semifinal", decretou.


Nesta sexta, a Itália treinou a portas fechadas. Somente os 15 primeiros minutos foram abertos, enquanto os jogadores faziam uma roda de bobinho e se alongavam.


O goleiro Gianluigi Buffon nem apareceu, assim como outro lesionado, Andrea Pirlo. Buffon, segundo alguns jornalistas, nem deve voltar nesta Copa. Pirlo é aguardado para o terceiro jogo, contra a Eslováquia.


"Vocês dizem sempre que faltam jogadores mais talentosos, mais geniais. Creio que temos jogadores deste nível, sim, e Pirlo faz falta porque é genial", diz De Rossi. Enquanto o meia do Milan não volta, o volante da Roma atua ao lado de Montolivo.


"Eles são mais parecidos do que vocês pensam, são jogadores de grande qualidade, visão de jogo e fazem a parte defensiva mais do que parece. Andrea é genial. Mas eu me adapto (a Montolivo), muda pouco."

Nenhum comentário: