terça-feira, junho 01, 2010

Começa hoje a Era Toninho Cerezo


Técnico foi apresentado ontem à tarde e já fez duas mudanças no time titular






















De treinador novo, o Sport encara o Paraná, às 21h, na Ilha do Retiro


Com os bastidores políticos pegando fogo, o time sofrendo na zona de rebaixamento da Série B e em crise com a torcida, tem início hoje a Era Toninho Cerezo no Sport Club do Recife. É nesse assombroso cenário que o novo comandante leonino faz a sua estreia no comando do Leão, diante do Paraná, às 21h, na Ilha do Retiro. Espectador na derrota diante do Bahia, no último sábado, em Salvador, Cerezo foi apresentado oficialmente ontem, quando já comandou o primeiro treinamento com o elenco leonino. E para surpresa geral, já chegou fazendo mudanças, deixando os volantes Zé Antônio e Daniel Paulista no banco de reservas.

Porém, ao contrário dos que pensam que a medida foi usar essas duas peças como exemplo para implantar o velho discurso de que “ninguém tem lugar cativo entres os titulares”, o técnico explicou que a decisão foi por conta da falta de tempo para conhecer os jogadores mais a fundo. “Eu cheguei hoje (ontem) e estou me atualizando, por isso vou me basear na equipe que enfrentou o Bahia, até porque gostei da atuação. Não posso sair fazendo várias mudanças. Preciso de mais tempo para conhecer meus jogadores e aos poucos vou colocando o meu estilo de jogo”, declarou Toninho Cerezo, ressaltando que tanto Zé Antônio, suspenso, quanto Daniel Paulista, resfriado, não atuaram no último jogo.


Sendo assim, pelo que indicou no treinamento de ontem à tarde, na Ilha do Retiro, o treinador rubro-negro deve armar a equipe no 4-4-2, promovendo apenas a saída de Adriano Pimenta para a entrada de Ciro, recuperado de uma lesão no tornozelo direito, que deverá atuar com Dairo na dupla de ataque. Já no meio de campo, Tobi seguirá na função de primeiro volante, com Moisés e Germano fechando o setor de marcação, liberando Eduardo Ramos para criar as jogadas e encostar nos atacantes.


Questionado sobre a declaração dada após a derrota para o Bahia, quando afirmou que viu em campo “sete jogadores correndo para três”, Cerezo reafirmou a sua primeira impressão da equipe. “Eu gostei da atuação, mas vi que alguns jogadores não estavam acompanhando as jogadas, ou por falta de comprometimento, ou por deficiência física, ou até mesmo técnica, não sei. Só sei que oito até correm para dois, mas sete não conseguem correr para três”, explicou Cerezo.


Paraná


Com a mesma base do time que foi eliminado pelo Sport na Copa do Brasil deste ano, o Paraná retorna à Ilha do Retiro com outro status. O Tricolor da Vila vive um momento oposto ao Leão e ocupa a vice-liderança da Série B, com 12 pontos somados. Além disso, tem o segundo melhor ataque da competição, com 12 gols marcados, e a segunda melhor defesa, com apenas dois tentos sofridos. Hoje, portanto, é a equipe a ser batida.


Para o duelo desta noite, o treinador Marcelo Oliveira não tem desfalques e deve repetir a mesma escalação do time que bateu o Vila Nova por 1x0. O destaque da equipe, até o momento, tem sido a dupla de ataque. Marcelo Toscano e Leandro Bocão marcaram mais da metade dos gols do time na competição. O primeiro já anotou quatro tentos, e o último três.


Sport: Magrão; Renato, Igor, César e Dutra; Tobi, Moisés, Germano e Eduardo Ramos; Ciro e Dairo. Técnico: Toninho Cerezo


Paraná: Juninho; Alessandro Lopes, Irineu e Luís Henrique; Jéfferson, Chicão, João Paulo, Wanderson e Gílson; Marcelo Toscano e Leandro Bocão. Técnico: Marcelo Oliveira


Local: Ilha do Retiro Horário: 21h Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE) Assistentes: Armando Lopes de Souza e Arnaldo Rodrigues de Souza (Ambos do CE) Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia-entrada), R$ 8 (geral do placar), R$ 30 (cadeira para sócio, ampliação e assento especial), R$ 50 (cadeira para não-sócio)

Nenhum comentário: