sábado, junho 19, 2010

Capitão francês, Evra vê traidor no time e diz que Anelka não era o problema

Evra se emocionou na entrevista onde o corte de Anelka foi anunciado
Evra se emocionou na entrevista onde o corte de Anelka foi anunciado
Crédito da imagem: AFP


por ESPN.com.br


Capitão do time da França, o lateral Patrick Evra alimentou ainda mais a polêmica que rodeia a exclusão de Anelka do grupo da Copa. O atacante teria xingado o treinador Domenech e foi cortado por indisciplina. Evra, porém, vê um traidor dentro da equipe.


"O problema não é Anelka, é que há um traidor entre nós. Este traidor tem que ser eliminado do grupo porque só quer fazer mal à seleção francesa", afirmou Patric Evra, visivelmente emocionado na coletiva onde o corte do atacante foi anunciado. "O Anelka ficou muito triste, assim como eu fiquei", completou.


A França está em situação muito complicada no grupo A. Com apenas 1 ponto em dois jogos, os franceses deverão vencer a seleçao da África do Sul na última rodada e ainda sim irá depender do resultado do jogo entre México e Uruguai.

Nenhum comentário: