quinta-feira, maio 06, 2010

Torcedores rubro-negros fizeram uma bonita festa


Leoninos viveram momentos de tensão e de alegria
Se o campeonato ficou morno em alguns momentos da primeira fase, as finais foram dignas dos tempos clássicos do futebol pernambucano. Os mais de 32 mil torcedores presentes na Ilha do Retiro fizeram um grande espetáculo, com os rubro-negros revivendo os momentos de "caldeirão" e os alvirrubros mostrando força como visitantes. Bonito de se ver e com poucos incidentes nas arquibancadas, rapidamente controlados.

O ímpeto inicial da torcida do Leão foi contido com a boa atuação do Náutico, nos primeiros minutos. Mas depois do gol de Leandrão, o que se viu durante os minutos seguintes foi a tradicional auto-confiança dos rubro-negros, que deixavam as suas vozes pelo gramado a cada carrinho, a cada arrancada dos jogadores. Nos minutos finais, a tensão tomou conta. Não houve o canto de campeão antecipado, mas o barulho após o apito final ecoou pelos bairros vizinhos. Vozes com a força de um pentacampeonato.


POLICIAMENTO

Apesar da tentativa de alguns "torcedores" em manchar a final do Campeonato Pernambucano com cenas de violência fora de campo, a situação nos entornos da Ilha do Retiro ficou sob controle da Polícia Militar. Os únicos momentos de correria foram protagonizados por integrantes da torcida organizada do Sport, que brigaram entre si.

Nenhum comentário: