quarta-feira, maio 12, 2010

Sport volta a decepcionar e só empata com o Guaratinguetá

Eduardo Ramos foi caçado em campo e teve atuação discreta nesta terça-feira

Eduardo Ramos foi caçado em campo e teve atuação discreta nesta terça-feira

Mesmo jogando em seus domínios, o Leão voltou a decepcionar sua torcida e apenas empatou com o Guaratinguetá por 1x1, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Bastante confuso, o Sport só conseguiu o gol salvador aos 44 do segundo tempo em belo chute do volante Zé Antônio. Com o resultado, o rubronegro ocupa momentaneamente a 13ª colocação e aguarda o término da rodada no fim de semana. O próximo desafio da equipe de Givanildo é o Asa, em Arapiraca, no próximo dia 22.



Precisando vencer a partida para apagar a má impressão deixada ante o Brasiliense, na estreia da Série B, o Sport tomou a iniciativa do jogo nos primeiros minutos. O Guaratinguetá, por sua vez, deixou claro que tentaria segurar o Leão de qualquer jeito para apostar nos contra-ataques. O principal alvo da equipe paulista era o meia Eduardo Ramos, que em menos de um minuto de jogo já havia sofrido duas faltas.


Mesmo com maior posse de bola, o escrete rubronegro não conseguia furar o bloqueio do Guará. Forçando muito o jogo pelo meio, o time da Praça da Bandeira chegava poucas vezes com oportunidades reais de abrir o placar. Na primeira destas chances, aos 9 minutos, Ciro recebeu passe na direita, mas bateu fraco nas mãos de Jaílson. Quatro minutos depois, o atacante leonino teve nova oportunidade, mas mandou na rede pelo lado de fora.


Bem postado e se arriscando pouco, o Guaratinguetá começou a gostar do jogo após a pressão incial. Aos 16, o time do interior paulista realizou bela troca de passes na entrada da área rubronegra, mas na hora da finalização, o então artilheiro da Série B, Renato Peixe mandou longe da meta de Magrão.


Como não conseguia chegar ao gol de Jaílson com facilidade, nem variava o jogo pelas laterais, o Leão passou a arriscar chutes de média e longa distância. Aos 27, o improvisado Eduardo Ratinho mandou uma bomba para bela defesa do arqueiro paulista. Aos 34, novamente Ratinho, dessa vez limpando um defensor e batendo colocado, obrigou Jaílson a se esticar e mandar a bola para escanteio.


Antes do fim do primeiro tempo, o Leão tentou imprimir um abafa para ir ao vestiário em vantagem. Aos 39, após erro do lateral Júlio César, Ciro ficou de cara para o gol, mas bateu cruzado para fora. Aos 41, Eduardo Ratinho, mais uma vez arriscou de longe para a defesa segura do goleiro do Guaratinguetá. Com apenas um minuto de acréscimo, Ricardo Marques Ribeiro encerrou a 1ª etapa.


Na volta para o segundo tempo, Givandildo não mexeu no time, enquanto Roberval Davino colocou o arisco Marcinho no lugar de Allan. Com a mudança, a equipe de São Paulo começou a levar um pouco mais de perigo ao gol de Magrão. Logo no primeiro minuto, após boa trama, Lucío Flávio recebeu do recém promovido Marcinho e bateu forte. A bola raspou o poste direito do arqueiro leonino.


Como o panorama do jogo seguia igual para o Sport, o treinador rubronegro realizou duas mudanças de uma só vez para tentar sacudir o time. Entraram Odair e Dairo nos lugares de Ricardinho e Pedro Júnior. Assim mesmo, pouco mudou. O Sport seguia com mais posse de bola e o Guaratinguetá só arriscando algumas subidas no contra-ataque.


A falta de objetividade e pontaria dos rubronegros acabou punida aos 28. Em mais um contragolpe, Lúcio Flávio fez bela jogada, deu um corte seco em Igor e tocou com categoria por cima de Magrão para tirar o primeiro zero do placar. Guaratinguetá 1x0.


Após o gol, o Sport partiu para o desespero. Givanildo tentou consertar a equipe com a entrada do atacante Éverton Felipe no lugar Odair, que já havia entrado no lugar de Ricardinho. A desorganização da equipe, no entanto, não permitia que o Leão conseguisse ao menos o empate para salvar a noite. A sorte, contudo, acabou acabou ajudando o Leão. Aos 44, Zé Antônio mandou uma bomba de longe. Indefensável para o goleiro Jaílson, dando números finais à partida: 1x1.


Ficha técnica:


Sport 1x1 Guaratinguetá


Sport - Magrão; Júlio César, Igor, Tobi e Eduardo Ratinho; Daniel Paulista, Zé Antônio, Eduardo Ramos e Ricardinho; Ciro e Pedro Júnior. Técnico: Givanildo Oliveira.


Guaratinguetá - Jaílson; Júlio César, Gustavo Bastos e Everton; Fábio Silva, César Santiago, Goebber, Allan e Renato Peixe; Lúcio Flávio e Tozim. Técnico: Roberval Davino.


Campeonato: Brasileiro da Série B. Estádio: Ilha do Retiro. Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG). Gols: Lúcio Flávio, aos 28 do 2º tempo e Zé Antônio, aos 44 do 2º tempo.

Nenhum comentário: