segunda-feira, maio 10, 2010

O novo rei dos Aflitos



Náutico // Desempenho do atacante Bruno Meneghel contra o Coritiba, no último sábado, deixou os torcedores alvirrubros em êxtase

Uma lesão logo durante a estreia com a camisa alvirrubra fez a chegada de Bruno Meneghel aos Aflitos passar despercebida. Por quase dois meses, um quase completo anonimato. "Pouca gente me reconhecia aqui no Recife", confessou. As atuações convicentes na reta final do Estadual renderam mais pedidos de autógrafo, fotos e apertos de mão. Ontem, um dia após brilhar contra o Coritiba, o atacante poderia até começar a "desfilar" como novo xodó da torcida alvirrubra. Mas preferiu viajar e aproveitar o Dia das Mães para comemorar os 3 meses da filha Júlia, ao lado da esposa.

O fim de semana trouxe outro motivo para o atleta se manter longe dos microfones, dos flashes das câmeras e do assédio do público. Companheiro de Meneghel no Resende durante o Campeonato Carioca de 2009, o volante Fred, jogador do Mesquita, morreu, após sofrer parada cardíaca ainda em campo, sábado, quando enfrentava o Cabofriense, em jogo válido pela segunda divisão estadual. O jogador de 26 anos chegou ao hospital sem vida. "É lamentável perder um amigo de uma forma tão trágica", disse.

A recente popularidade de Bruno Meneghel não é por acaso. Último sábado, o jogador comandou a vitória do Náutico sobre o Coritiba. Incansável, correu por mais de 90 minutos. Solidário, deu primorosa assistência de calcanhar para Geílson balançar as redes. Artilheiro, marcou dois gols. Humilde, agradeceu aos torcedores e declarou ter muito trabalho à frente.

"É muito importante começarmos com o pé direito, somando três pontos contra um adversário forte, pois o Brasileirão é longo. O objetivo maior é manter os bons resultados. Mas eu pretendo brigar pela artilharia", assegurou. Com dois gols, Meneghel divide o topo do ranking de goleadores da Série B com Renato Peixe (Guaratinguetá), Leandro Bocão (Paraná) e Héverton (Portuguesa).

Atacante de baixa estatura (1,68 metro), pouco peso (65 quilos) e idade (22 anos), com passagem por clubes como Vasco, Bahia e Goiás, o baiano Bruno Meneghel se destacou durante o Carioca de2009, quando obteve a vice-artilharia, ao marcar 11 gols. Sobre a evolução do ataque do Náutico, o jogador se desmancha em elogios. "Estamos atuando juntos há um longo tempo. E o entrosamento está afiado", afirmou, enaltecendo os desempenhos de Carlinhos Bala, Geílson e Rodrigo Dantas.

Nenhum comentário: