sábado, maio 08, 2010

Jacaré estreia pressionado


A perda de uma hegemonia de seis anos no Campeonato Candango acarretou em um princípio de crise no Brasilense. No último domingo, o Ceilândia desbancou o Jacaré na final do certame e acabou com o sonho do hepta do rival. Resultado: 11 dispensas feitas pela diretoria. Para a Série B, porém, ainda ficaram no Serejão algumas figuras carimbadas do futebol brasileiro (e pernambucano, sobretudo).

O técnico do clube é o recifense Roberto Fernandes. O comandante tem no seu plantel diversos jogadores que vestiram as camisas de Sport, Náutico e Santa Cruz. A maioria, é bem verdade, com passagens infelizes. Os goleiros Guto e Eduardo, o lateral-direito Sidny, os meio-campistas Rosembrick e Iranildo, além dos atacantes Enílton e Beto integram o elenco do time da Capital Federal. A equipe de Taguatinga ainda conta com os avançados Jean (ex-Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama) e Aloísio Chulapa, maior esperança de gols do Jacaré.

O centroavante Vanderlei, artilheiro do Candangão com 11 tentos anotados, não vinha atuando de forma convincente no torneio local e deverá apenas figurar no banco de reservas no embate contra o Leão da Ilha do Retiro. Provavelmente, Bebeto será o titular. As expectativas, no entanto, giram em torno da estreia do controverso meia Rosembrick.

Nenhum comentário: