sábado, maio 08, 2010

Glédson completa 50 jogos pelo Timbu


Disse uma vez o humorista carioca Don Rose Cavaco: "maldito é o goleiro que onde ele pisa não nasce nem grama", referindo-se à má sorte dos arqueiros. Mas no Náutico existe alguém que não tem o que reclamar da posição. Quando entrar em campo, hoje, contra o Coritiba, Glédson completará 50 jogos atuando pelo Timbu.

Glédson chegou aos Aflitos depois de uma boa passagem pelo Santa Cruz e ficou um bom tempo como reserva de Eduardo. Mas depois que assumiu a posição, não largou mais. "Estou honrado em chegar a esta marca. É um time querido, de torcida. Tenho também o carinho do torcedor por onde passo. É uma alegria muito grande", comemorou.

"Todos os jogos foram especiais. Mas o clássico dos 100 anos foi uma ocasião onde me senti bastante nervoso (a partida terminou empatada por 3x3). Penso que o mais importante é sempre o próximo jogo e quero fazer mais e mais jogos pelo Náutico", apontou Glédson.

Nenhum comentário: