domingo, abril 04, 2010

Vitória derrota o Náutico nos últimos minutos de jogo

Com a derrota, o Náutico fica na terceira colocação, com 34 pontos

Com a derrota, o Náutico fica na terceira colocação, com 34 pontos

Após várias finalizações desperdiçadas, o Náutico viu o Vitória desempatar o jogo aos 47 minutos do segundo tempo e amargou a derrota por 3 x 2 na tarde deste domingo (4), no Estádio Carneirão, pela 19ª rodada do Campeonato Pernambucano. O resultado fecha a péssima semana dos alvirrubros, que foram eliminados da Copa do Brasil no meio da semana, quando perderam de goleada para o Vitória-BA, por 5x0.


Com o resultado, o Náutico fica na terceira colocação, com 34 pontos. O Sport segue líder absoluto, com 47 pontos, seguido pelo Santa Cruz, que soma 35 pontos. Quem fecha o G-4 é a Cabense, com 28 pontos. Na próxima quinta-feira (8), o Náutico enfrenta o Central, às 20h30.



No primeiro tempo, os atacantes alvirrubros finalizaram bem mais que os do Tricolor das Tabocas, mas poucas vezes as chances foram objetivas. Na maior parte delas, os chutes foram para fora, sobretudo por cima do gol, sem dar muito trabalho ao arqueiro Rodrigo.

Logo aos 2 minutos de jogo, Rodrigo defendeu cabeceio de Gomes, sem muita dificuldade. Aos 5, Suellinton chuta por cima do gol e, em seguida, Rodrigo defende chute do Náutico, que ainda finalizou para fora aos 6 e aos 8 minutos. Aos 12 minutos, Dinda gira e chuta por cima do gol, quando poderia ter tocado para Geílson, que estava livre para receber.


Aos 18, Suellinton perde uma boa chance de abrir o placar para o Vitória ao bater cruzado na rede pelo lado de fora. Aos 22 minutos, Geílson recebe de Rodrigo Dantas e bate pra fora. Também pecando bastante nas poucas finalizações que surgiam, o Vitória desperdiça nova oportunidade aos 24 minutos, quando Paulinho Andrade lançou bola para Jadílson, que chutou para fora. Por pouco o gol do Tricolor das Tabocas não se concretizou aos 27, quando o arqueiro alvirrubro quase se atrapalha para defender cobrança de falta.


Uma das poucas vezes em que o goleiro Rodrigo foi acionado foi aos 29 minutos, quando Tinga cruzou para Geílson, que mandou de cabeça para boa defesa do goleiro do Vitória. Aos 32, Rodrigo fez outra defesa após cobrança de falta próximo à entrada da área.


Aos 38, Geílson arranca e toca pra Rodrigo Dantas, que chuta forte com o pé esquerdo, mais uma vez por cima do gol do Vitória. Quatro minutos depois, Dinda cobra falta e o ataque do Náutico manda pra fora. Geílson ainda manda pra fora aos 43, em um chute forte por cima do gol, e Derley fecha o primeiro tempo do mesmo jeito, chutando por cima do gol aos 45 minutos.


Ao final do primeiro tempo de jogo, o Vitória deixou o gramado com quatro jogadores pendurados com cartão amarelo, enquanto o Náutico não recebeu nenhum cartão. O técnico do Vitória, Roberto de Jesus, criticou a arbitragem, pedindo para que Cláudio Mercante fôsse mais imparcial.

Nenhum comentário: