domingo, abril 04, 2010

Timbu tem mais um Vitória pela frente

Após humilhante derrota para os baianos, Náutico pega homônimo pernambucano

No meio do caminho, havia os baianos do Vitória. Fim da Copa do Brasil para o Timbu. Por ironia do destino, o Náutico, agora com o foco totalmente voltado para o Campeonato Pernambucano, tenta começar uma nova vida diante da Acadêmica Vitória. A partida, válida pela 19ª rodada do Estadual, acontece neste domingo, às 16h, no estádio Carneirão. Os alvirrubros prometem dar a volta por cima de forma imediata, e o fato de ter pela frente um adversário de mesmo nome do algoz da última quarta-feira só aumenta essa ânsia instintiva por vingança.

“Vamos entrar em campo mordidos, não poderia ser diferente. E quem vai ter que pagar o pato é o Vitória”, declarou o volante Gomes, com uma expressão de quem não está falando da boca para fora. O jogador - um dos mais questionados na derrota da última quarta-feira - mostrou sinceridade para falar da sua última atuação. “Tenho consciência de que fui muito mal nesse jogo. Mas não só eu, como todo o grupo. Vamos ter a oportunidade de limpar pelo menos um pouco da nossa imagem fazendo um bom jogo pelo Campeonato Pernambucano. Vamos trabalhar bem quietinhos para esse confronto”.

Além das dores de cabeça causadas pela acachapante goleada sofrida em Salvador, o técnico Alexandre Gallo vai ter problemas para escalar a sua equipe para o confronto com o Tricolor das Tabocas. São três os desfalques imediatos por suspensão: o zagueiro Ediglê, o meia Zé Carlos e o atacante Carlinhos Bala. Entram Igor, Nílson e Geílson, respectivamente. Por opção técnica do treinador, saem o lateral-esquerdo Rafael Forster e o atacante Bruno Meneghel para as entradas de Tinga e Rodrigo Dantas.

Com dez pontos de desvantagem em relação ao líder Sport, o Timbu já está conformado com a impossibilidade prática de alcançar o líder. Mas ninguém nos Aflitos abre mão da segunda colocação e das pequenas vantagens que ela pode garantir na próxima fase da competição. “O plano de brigar pela segunda colocação está bem claro na nossa cabeça. É um objetivo que garante a condição de decidir o confronto das semifinais dentro de casa, o que para nós é importante”, disse Alexandre Gallo. “Além disso, existe uma questão motivacional. Seria importante terminar na frente de adversários fortes”.

Para o goleiro Gustavo, todos os sentimentos negativos acumulados pelos atletas do elenco alvirrubro após o último jogo precisam ser transformados. “Espero que toda essa vergonha, essa revolta por aquilo que a gente deixou de fazer, seja um instrumento de alavanque para que a gente volte a atuar bem e continue uma caminhada forte no Campeonato Pernambucano”, declarou o arqueiro alvirrubro. “No último jogo, nós fomos nocauteados. Mas não podemos ficar no chão. O futebol está cansado de mostrar exemplos de equipes que sofrem um grande revés em determinado momento, mas que conseguem triunfar pouco depois”, acrescentou.


Ficha técnica

Vitória x Náutico

Local: Carneirão (Vitória de Santo Antão)

Horário: 16h

Árbitro: Cláudio Mercante

Assistentes: Luciano Cruz e Jossemar Diniz

Preliminar: Vitória x Náutico, às 13h30 (juniores)


Vitória: Rodrigo; Suelinton, Émerson, Sandro Miguel e Cássius; Aguimeron. Daniel Carlos, Édson Araújo e Paulinho Andrade; Eduardinho e Jadilson. Técnico: Roberto de Jesus

Náutico: Gustavo; Igor, Gomes e Diego; Daniel, Derley, Nílson, Dinda e Tinga; Geílson e Rodrigo Dantas. Técnico: Gallo

Nenhum comentário: