quinta-feira, abril 29, 2010

Sport vence o Central e se garante na final

O Sport manteve o favoritismo e é o primeiro finalista do Campeonato Pernambucano. O Leão assegurou a vaga na decisão com mais uma vitória diante do Central, desta vez por 1 a 0, na Ilha do Retiro, nesta quarta-feira (28). Na partida de ida em Caruaru, o Leão bateu a Patativa por 3 a 0 e entrou em campo apenas para administrar o resultado.

A equipe rubro-negra enfrenta o Náutico, que se classificou ao vencer o Santa Cruz por 1 a 0, também nesta quarta-feira. A primeira partida será fora, no domingo (02),nos Aflitos, e a decisão na Ilha do Retiro, na quarta-feira (05).

O JOGO
Precisando marcar pelo menos três gols para forçar a decisão nos pênaltis, o Central iniciou a partida com três atacantes e partiu para cima do Sport. Mas, apesar do esquema ofensivo, a equipe centralina começou bastante afobada e acabou abrindo espaço para o contra-ataque rubro-negro.

Aos 15 minutos, veio a primeira chance do Leão. Eduardo Ramos deixou Ciro de cara para o gol, mas ele acaba batendo para fora. Três minutos depois, a dupla apareceu novamente na área. Eduardo Ramos cruzou pela direita, e Ciro, pressionado, bateu de primeira para fora.

A primeira boa jogada do Central veio aos 23 minutos, quando Felipe Espada, após uma troca de passes, girou e bateu na entrada da área. A bola passou por cima do ângulo esquerdo do goleiro Magrão. Aos 28 minutos, a Patativa voltou a dar trabalho para Magrão. Numa falta na intermediária Elton encheu o pé e o goleiro rubro-negro fez uma boa defesa.

Aos 33 minutos, o técnico Givanildo Oliveira precisou fazer a primeira mudança na equipe. Dairo sentiu uma lesão muscular e foi substituído por Leandrão. O atacante será reavaliado na quinta-feira para saber a gravidade do problema e se poderá jogar no domingo (02).

O Central voltou para o segundo tempo para o tudo ao nada e se mandou para cima do Sport. Aos 7 minutos, Gil invadiu a área e ficou frente a frente com Magrão, mas no momento do chute, acabou prensado pelo zagueiro César, que conseguiu chegar para fazer o corte.

Mas aos 9 minutos, o Sport conseguiu esfriar a Patativa ao chegar ao gol. Levi, que começou a partida no lugar de Daniel Paulista (vetado pelo departamento médico), acertou um belo chute no ângulo do goleiro Isaías.

O gol praticamente decretou a classificação rubro-negra, tanto que o técnico Givanildo Oliveira decidiu poupar dois jogadores pendurados com o segundo amarelo. Dutra e Igor deixaram o campo para as entradas de André Luiz e Dirley.

A Patativa desanimou e abriu espaço para novas investidas do Leão. Aos 25 minutos, Zé Antônio recebeu na entrada da área e chutou com perigo para boa defesa do goleiro Isaías.

Aos 37 minutos, Ciro ainda teve uma outra grande chance, quando recebeu na área. Ele dominou no meio da marcação, mas bateu no centro do gol, facilitando a defesa de Isaías.

FICHA DO JOGO

SPORT
Magrão; Igor (Dirley), César e Tobi; Júlio César, Zé Antônio, Levi, Dutra (André Luiz) e Eduardo Ramos; Ciro e Dairo (Leandrão)
Técnico: Givanildo Oliveira

CENTRAL
Izaias; Giovane (Carlos Henrique), Sidney, Rafael, Fernando Pires (Biro Biro); Elton, Dinho Souza e Guego; Gil, Paulão e Felipe Espada (Peixoto)
Técnico: Adelmo Soares

Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Leandro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Pedro Wanderley e Albert Júnior

Nenhum comentário: