quarta-feira, abril 07, 2010

Santa Cruz disputa “jogo do ano”


Dado afirma que a partida de hoje é a mais importante até o momento
Se vencer, clube garante vaga nas semifinais do Estadual e na Série D


Este ano, o Santa Cruz viveu momentos distintos. Após um início de Estadual conturbado e uma troca no comando do elenco, a Cobra Coral pode, esta noite, conquistar o primeiro objetivo da temporada. A importância da partida de logo mais é tanta que está sendo encarada como o “jogo do ano”. Para não depender de tropeços adversários nas rodadas finais, o Mais Querido precisa derrotar o Vitória, hoje, às 21h50, no Arruda, e assim garantir, matematicamente, uma vaga nas semifinais do Pernambucano. Caso conquiste os três pontos, a comemoração será ainda maior, pois o clube estará garantido na Série D do Brasileiro.

“Para nós, será o jogo do ano, pois pode garantir a gente em uma competição no segundo semestre. Essa vaga na Série D é o nosso objetivo desde o início. A gente ainda não ganhou nada. Temos que encarar o Vitória com a mesma responsabilidade dos outros confrontos”, afirmou o lateral-direito Gilberto Matuto. Quem também ressaltou a importância do jogo diante do Taboquito foi o técnico Dado Cavalcanti. Para o treinador, o duelo será de uma responsabilidade maior para o elenco. “Com certeza, é o mais importante até hoje. Se nós vencermos, estaremos garantidos entre os quatro primeiros”, disse.


Dado, aliás, é considerado por todos no Arruda como o responsável pela ascensão coral. Desde a sua efetivação como técnico, o time cresceu de produção, voltando não só a vencer como também a convencer. Resultado é a segunda colocação no Estadual, com 35 pontos. Com o triunfo sobre o Botafogo, semana passada, o técnico, de apenas 28 anos, teve também o trabalho reconhecido nacionalmente. “Desde a Copa Pernambuco, ele vinha fazendo um bom trabalho, afastou a desconfiança e conquistou resultados”, comentou Gilberto Matuto.


Diante do Vitória, o treinador ganhou um desfalque de última hora. Símbolo da melhora do rendimento do time, o volante Léo sentiu dores no púbis e no músculo adutor da coxa direita, sendo vetado pelo Departamento Médico. Wellington será o substituto.


Porém, o treinador coral vai contar com o retorno dos zagueiros Alysson, Luiz Eduardo, do volante Goiano, e do atacante Brasão, que não enfrentaram o Ypiranga por cumprirem suspensão.


Santa Cruz: Tutti; Gilberto Matuto; Alysson, Luiz Eduardo e Edson Miolo; Goiano, Wellington, Dedé e Élvis; Joelson e Brasão. Técnico: Dado Cavalcanti


Vitória: Rodrigo; Suéliton, Diguinho, Sandro Miguel e Cássius; Aguimeron, Fabinho Vitória, Édson Araújo e Paulinho Andrade; Eduardinho e Jadílson. Técnico: Roberto de Jesus


Local: Arruda


Horário: 21h50


Árbitro: Antônio André


Assistentes: Erich Bandeira e Ubirajara Ferraz


Ingressos: arquibancada superior e meia-entrada: R$ 10,00; arquibancada superior: R$ 20,00


Preliminar: Santa Cruz x Vitória, às 19h (juniores)

Nenhum comentário: