sábado, abril 24, 2010

Reforço para garantir a segurança em Caruaru

O duelo entre Central e Sport é o evento mais aguardado para este fim de semana em Caruaru. Em campo, as duas equipes duelam por uma vaga na final do Campeonato Pernambucano. Fora dele, a Polícia Militar já traçou a estratégia para garantir a segurança dos torcedores. Ficou definido que um total de 250 oficiais terão a responsabilidade de combater possíveis problemas que estejam ligados ao jogo de amanhã. Além disso, os aficionados rubro-negros que forem do Recife para a Capital do Forró serão escoltados até o estádio Luiz Lacerda, acontecendo o mesmo processo no retorno à Veneza Brasileira.

De acordo com o capitão Kléber Freitas, que é o oficial de planejamento do 4º Batalhão da Polícia Militar, patrulhas a pé, homens da Rocam e da Cavalaria ficarão responsáveis por vigiar o entorno da praça esportiva. Dentro do estádio, oficiais do Batalhão de Choque e da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) serão deslocados do Recife para atender a demanda do jogo. “Além disso, em pontos que tiveram conflitos em outros jogos, a gente estará também com viaturas”, revelou Freitas.


O capitão também ressaltou que foi feito um acordo com a Polícia Rodoviária Federal para escoltar a torcida rubro-negra durante o trajeto até a Capital do Forró. “Eles farão a escolta até o perímetro urbano. Quando chegar em Caruaru, ficaremos responsáveis por levá-los até o estádio”, disse Freitas, garantindo que será feito o processo inverso depois do confronto. “Temos um histórico de problemas com a torcida do Sport, que não é só do Recife. Há integrantes de torcidas dos bairros daqui que causaram alguns tumultos”, acrescentou.


CENTRAL


Se a Patativa obtiver sucesso no mata-mata diante do Sport, os jogadores e a comissão técnica do clube ficarão com os bolsos cheios. Além da “quantia substanciosa” oferecida por um grupo de torcedores alvirrubros da Confraria Timbu de Ouro, que não revelou o valor, o presidente da agremiação João Tavares assegurou que mais R$ 50 mil serão desembolsados.

Nenhum comentário: