quinta-feira, abril 01, 2010

Objetivo é marcar um gol logo de cara

Serão 90 minutos - fora os acréscimos - de muita correria e vontade. Assim que o árbitro Wilton Pereira Sampaio apitar, dando início ao confronto deste noite, o Santa Cruz, apesar de jogar fora de casa, vai para cima do Botafogo. A ordem é tentar reverter a vantagem dos botafoguenses logo no começo do jogo. Os instantes iniciais do duelo serão importantes para as pretensões corais, que esperam marcar, no mínimo, duas vezes, voltando para o Recife classificado para as oitavas de final.

“A gente tem que fazer um gol logo no início e ver como eles vão se comportar. Se eles forem para cima, eles podem deixar espaços, e nós temos que aproveitá-los”, afirmou o zagueiro Alysson. Nos jogadores do setor ofensivo, o pensamento é o mesmo. Artilheiro do Mais Querido no torneio, com três gols, e segundo no ranking coral da temporada, atrás somente de Joelson, Élvis acredita que, marcando no início, os alvinegros serão obrigados a se expor. “O grupo conversa sobre isso, vamos atrás da classificação. Temos que encarar o Botafogo com a mesma pegada do primeiro jogo e, se Deus quiser, vamos sair com a vaga”, comentou o meia.


Assim como aconteceu no Arruda, o técnico Dado Cavalcanti espera um adversário mais cauteloso. Para furar essa retranca, o comandante coral conta com os desempenhos de Élvis, Joelson e Brasão. “O Botafogo, naturalmente, marca a partir da sua intermediária, o que faz a equipe adversária sair para o jogo. Devemos ter dificuldade no meio de campo para furar esse bloqueio. É preciso uma movimentação grande dos homens de frente”.

Nenhum comentário: