domingo, abril 04, 2010

LUIZ LACERDA - Clássico Matuto em clima de decisão

Central e Porto protagonizam, às 16h deste domingo, um duelo como há muito tempo não se via. O motivo é claro. Quem sair vencedor do Clássico Matuto continua com chances de se classificar para as semifinais do Pernambucano. No sentido figurado, é matar ou morrer. Sem perder há duas rodadas, a Patativa ocupa o sétimo posto, com 25 pontos, e está a três da zona de classificação. Já o Gavião, depois de um começo de temporada em baixa, está em sexto, com 26 pontos.

Antes das duas últimas rodadas, o Central estava rachado. Mal dentro de campo, o treinador Adelmo Soares chegou a pedir demissão duas vezes. A diretoria recusou. O comandante, então, deu continuidade ao trabalho e conseguiu quatro pontos nos últimos dois jogos. O clima de confiança, aos poucos, retornou.

Para a partida, Adelmo Soares montou a equipe titular com várias mudanças em relação à rodada passada. O motivo alegado é para se adequar as características do adversário. Na realidade, duas modificações são forçadas. O volante Fernando Pires e o lateral-esquerdo Pintado estão suspensos. Com isso, Dinho Souza e Biro-Biro, recém-promovido da categoria de base, entram nas vagas, respectivamente. No ataque, resta uma dúvida. Gil e Peixoto, artilheiro dos juniores com 20 gols, estão na disputa.

Já o Porto chega para o clássico com uma postura mais confiante pela posição na tabela. Após alcançar o objetivo de não ser rebaixada, a equipe conta com o retorno de atletas importantes como o goleiro Romero e o lateral-direito João Carlos. “É um clássico da cidade, e o Central é o favorito. Tem um time mais experiente, e nós temos uma equipe mais jovem”, avaliou o gerente de futebol Borges Carvalho.


Ficha técnica

Central x Porto

Local: estádio Luiz Lacerda (Caruaru)

Horário: 16h

Árbitro: Gleydson Leite

Assistentes: Ubirajara Ferraz e Marcelino Castro

Preliminar: Central x Porto, às 13h30 (juniores)


Central: Isaias; Geovane, Sidney, Paiva e Pintado; Elton, Dinho Souza, Guego e Rafinha; Gil (Peixoto) e Paulão. Técnico: Adelmo Soares

Porto: Romero; João Carlos, Romero Caruaru, Rodolfo e Aírton; Evandro, Naldinho, Arlindo e Anderson; Daniel Caiçara e Kyros (Rogério). Técnico: Charles Muniz

Nenhum comentário: