terça-feira, abril 06, 2010

JUSTIÇA - Araripina consegue adiar julgamento

O Araripina conseguiu, na noite de ontem, adiar o julgamento que iria decidir se o time perderia três pontos pela suposta escalação irregular do volante Dunga na partida contra a Cabense, no dia 14 de março, no Gileno de Carli. O Departamento Jurídico do Bode alegou que não recebeu comunicado oficial algum do Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE) e, por isso, resolveu protelar a sentença.

Pela terceira rodada do Estadual, quando o Araripina encarou o Vera Cruz, Dunga levou cartão amarelo do árbitro Emmerson Batista. Em seguida, foi expulso diretamente, sem a necessidade de tomar a outra advertência. Isso teria confundido a diretoria do Bode.

“Não vamos perder esses três pontos de jeito nenhum. Não adianta os presidentes dos outros clubes torcerem contra. Estamos muito empenhados montando a nossa defesa”, assegurou o presidente de honra do clube, Walmy Bezerra. Apenas amanhã é que o TJD-PE marcará a nova data do julgamento.

Nenhum comentário: