segunda-feira, abril 05, 2010

Rodada perfeita para o Central, que cola no G4

Patativa fez sua parte ao vencer o Clássico Matuto, por 2x0

Deu tudo certo para o Central nesta rodada. E quando se diz tudo, é tudo mesmo. Para começar, a equipe fez seu papel. Venceu com propriedade um adversário direto na luta pelas semifinais: inapeláveis 2x0 no Porto. Simultaneamente ao Clássico Matuto, os outros dois postulantes à quarta vaga do G4 jogavam - e perdiam. A Cabense foi derrotada pelo Sport por 3x1, e o Ypiranga tombou diante do embalado Santa Cruz por 2x0. A combinação de resultados foi absolutamente favorável ao alvinegro da Capital do Forró - e o fez subir o elevador: saiu da sétima colocação para a quinta (com a mesma pontuação do quarto).

O Central jogou bem. O que não significa que dominou a partida. O duelo, pelo contrário, foi bem equilibrado. A Patativa, porém, foi mais competente do que o Gavião. O embate começou morno, com poucas chances de parte a parte. Só aos 28 da primeira etapa é que o Clássico Matuto começou a esquentar. Foi nesse momento que o meia Guego (curiosamente, ex-Porto) abriu o placar para o Alvinegro. O jogador mostrou categoria ao tocar com tranquilidade na saída do goleiro.

O segundo ato do espetáculo foi mais movimentado. Por conta da necessidade, o Porto passou a se expor mais. E, com isso, criou algumas oportunidades. A Patativa, por outro lado, retraiu-se um pouco mais, esperando matar a partida num contra-ataque. Conseguiu isso aos 22, quando o atacante do Gavião Kyros cabeceou contra sua própria barra. As chances de reação do Tricolor foram praticamente sepultadas pouco tempo depois, quando o volante Rodolfo Potiguar foi expulso de campo.

Nenhum comentário: