sábado, abril 03, 2010

Dutra está prestes a completar 200 jogos pelo Sport

Lateral-esquerdo pode alcançar a marca no próximo domingo diante da Cabense


O lateral-esquerdo Dutra está prestes a completar 200 jogos com a camisa do Sport. A marca pode ser alcançada no próximo domingo, quando o time rubro-negro pega a Cabense, no Cabo de Santo Agostinho, às 16h.


A primeira partida do jogador de 36 anos com a camisa do Sport foi em agosto de 2000, no empate em 1 a 1 contra o Cruzeiro, na Ilha do Retiro, pela Copa João Havelange. O atleta deixou o clube no ano seguinte, para onde voltaria em 2007. Em 2008, foi campeão em dose dupla: estadual e da Copa do Brasil. Em 2009, ganhou o Pernambucano novamente, na temporada em que mais vezes jogou pela equipe: 58 partidas.


- Hoje o meu objetivo maior é voltar à Série A, será um prêmio para a minha carreira, até porque, quando cheguei aqui, o time estava na primeira divisão - declara ao site oficial do clube.


Antonio Monteiro Dutra.


Este maranhense da pequena Duque Bacelar viverá neste domingo um dia especial.


Aos 36 anos, o lateral-esquerdo, mais conhecido como Dutra, atingirá uma marca significativa em sua história e na história do Sport Club do Recife: 200 jogos com a camisa rubro-negra.


Em sua terceira passagem pelo Leão, o defensor experiente, mas que esbanja impressionante vigor físico, ao entrar em campo para a partida contra a Cabense, vestirá a camisa de número 200. Em 2000, 2001, 2007, 2008, 2009 e 2010 ele esteve presente nas escalações da equipe da Ilha do Retiro, na qual alcançou um respeito pleno.


Como homenagem, Dutra entrará em campo com a camisa número 200 no estádio Gileno de Carli. E no próximo jogo do Sport em casa, contra o Ypiranga, receberá uma placa do presidente do clube, registrando a marca.


DUTRA NO SPORT
Ano Jogos
2000 25
2001 17
2007 25
2008 54
2009 58
2010 20
Total:
199

Tudo começou no dia 13 de agosto de 2000. No empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, partida válida pela Copa João Havelange — o Campeonato Brasileiro daquele ano. Estreia dele. Quase dez anos depois, não há rubro-negro que diga o contrário: Dutra é ídolo.


A regularidade na marcação, a raça e o bom apoio ao ataque, sobretudo nos passes, fizeram dele um lateral dos mais completos e também vitoriosos da história recente do Leão. São três os títulos do Campeonato Pernambucano e um da Copa do Brasil, na qual ele participou diretamente de um dos lances mais marcantes.


Não há torcedor do Leão que não se lembre do petardo cruzado que Dutra desferiu no arco do goleiro Marcos no fantástico 4 a 1 sobre o Palmeiras pela Copa do Brasil em 2008. Gol que ficou eternizado pela voz de Roberto Queiroz, da Rádio JC/CBN, com emoção ímpar. Um dos pontos altos da campanha brilhante do Sport, que ficou com a taça, ao eliminar, um por um, os principais favoritos.

O jogador canhoto de 1,70 m já atuou por diversos times: Bacabal-MA, Paysandu, Mogi Mirim, Santos, Coritiba, América-MG e Yokohama Marinos, do Japão. Em nenhum deles, fez tantas partidas quanto no Sport. O que evidencia a reciprocidade da importância de um para o outro.


Na última terça-feira, antes mesmo da partida do Sport contra o Paraná, conversamos com Dutra sobre a marca que ele alcançará no domingo. Confira o vídeo abaixo:

Curiosidade: O goleiro Magrão e o zagueiro César também completam marcas importantes no Rubro-negro neste domingo contra a Cabense. 250 jogos e 150 jogos, respectivamente. No entanto, não serão homenageados, pois o Sport só concede a honraria a cada centena de jogos. Quem sabe no fim do ano ou no começo de 2011?

Nenhum comentário: