terça-feira, abril 20, 2010

Campeonato do Nordeste confirmado


Clubes se reuniram ontem à tarde na sede da FPF para discutir os detalhes
Primeira rodada está agendada para 9 de junho. Competição vai até dezembro


O Campeonato do Nordeste teve as suas definições, ontem, em reunião realizada na sede da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), que contou com a participação de dirigentes de federações e clubes de toda a Região e serviu como uma espécie de conselho arbitral da competição. O certame foi definido no formato originalmente apresentado, com 17 rodadas no total e um calendário estendido até o final do ano, utilizando, além do período da Copa do Mundo, as datas reservadas à Copa Sul-americana. A primeira rodada está agendada para o dia 9 de junho. Estaria tudo certo, se não fosse por um detalhe, que pode pôr o torneio em xeque: o Sport, um dos carros-chefe do Regional, foi o único time dos 16 componentes da Liga do Nordeste a não aderir a ele.

O principal entrave para a participação do Leão é a proposta financeira feita pela Liga, considerada insatisfatória. Inicialmente, está sendo oferecido aos clubes um valor de R$ 250 mil, mais transporte e hospedagem. Dessa quantia, inclusive, R$ 150 mil foram adiantados ontem mesmo, na sede da FPF, aos times que aceitaram fazer parte da competição. O restante será pago em duas parcelas de R$ 50 mil a serem quitadas nos dias 15 junho e 15 de julho. “Esta é a garantia mínima que nós podemos dar neste momento”, afirmou o presidente da Liga, Eduardo Rocha.


Essa quantia foi paga aos clubes graças a um aporte de R$ 4,5 milhões da Top Sports, empresa que está bancando o campeonato. Segundo Eduardo Rocha, caberá a ela buscar patrocinadores para cobrir esse valor que está sendo desembolsado. Do que passar (caso isso aconteça), 15% ficará com a companhia como comissão e o restante será dividido entre os times da seguinte maneira: 47,5% igualmente entre os filiados; 22,5% para premiação, do primeiro a décimo colocado; e 30% divididos entre as equipes pelo número de jogos transmitidos pela televisão.


Ao contrário dos demais clubes, os rubro-negros não aceitaram o valor oferecido por achá-lo baixo para uma competição do porte do Campeonato do Nordeste. O vice-presidente Jurídico do Sport, Eduardo Carvalho, que esteve presente à reunião de ontem, foi taxativo ao dizer que, hoje, o time está fora da competição. “Hoje, a gente não participaria, por uma série de motivos, mas o que está pegando mesmo é o valor proposto”, afirmou o dirigente, que hoje terá um encontro com o presidente Sílvio Guimarães para discutir o assunto. “Não é porque achamos que merecemos mais, e sim porque consideramos que a competição está sendo sub-valorizada”.


Eduardo Carvalho espera um contato de Eduardo Rocha com novidades sobre a proposta. “Ele ficou de nos passar elementos importantes. Mas, para que a gente entre na competição, será necessário melhorar a proposta. O nosso foco é subir para a Série A. Para entrarmos em um outro campeonato, precisamos, pelo menos, ter o conforto de uma boa proposta financeira”, disse o dirigente rubro-negro.

Nenhum comentário: