sábado, março 06, 2010

Treino do Santa Cruz termina em tapa e chute

Clima pesou no Arruda, e Jefferson e Luiz Eduardo se agrediram


A disputa por posições e um treinamento movimentado, no qual o técnico Dado Cavalcanti mexeu bastante na equipe considerada titular, parecem ter mexido com os ânimos dos jogadores do Santa Cruz. Ontem, quando o treinador tricolor já havia terminado a movimentação no estádio do Arruda e o elenco se encaminhava para beber água, o clima esquentou entre dois atletas corais. O zagueiro Luiz Eduardo e o lateral-esquerdo Jefferson trocaram agressões e só pararam a discussão quando foram separados por outros companheiros de elenco.

Nos últimos minutos do treino, Jefferson foi agarrado pelo meia Thiago Henrique, que estava jogando entre os reservas. O lateral não gostou e reclamou com o companheiro. Logo em seguida, em outra disputa de bola, foi a vez de Jefferson entrar de forma mais ríspida em Baiano, que nada fez.

Terminada a movimentação, Jefferson e Thiago Henrique iniciaram outra discussão. Na tentativa de colocar panos quentes, o meia Jackson e Edson Miolo tentaram separar os atletas. Quem também tentou intervir foi o zagueiro Luiz Eduardo, mas ao invés de ajudar, acabou aumentando o tumulto. O defensor e o lateral-esquerdo se peitaram. Com 1,91 metro, Luiz Eduardo acertou um tapa em Jefferson. Dez centímetros mais baixo, o lateral não se intimidou e acertou um chute no zagueiro. Depois da troca de agressões, “a turma do deixa disso” interveio, separando os dois jogadores.

O técnico Dado Cavalcanti, que acompanhou de perto o bate-boca e a troca de agressões, preferiu não comentar o fato, limitando-se a dizer que seu posicionamento seria nos bastidores. “Não vou colocar nada para a Imprensa. Vamos observar os dois casos e depois veremos qual será a punição. O clima estava muito competitivo, com vontade de vencer. Posso afirmar que o Santa Cruz não será punido”, declarou o comandante. Tanto Luiz Eduardo, quanto Jefferson, que foi confirmado no time titular, foram multados em 20% do salário.

Justiça

Após esperar quase um mês, sem sucesso uma resposta do presidente do Santa Cruz, Fernando Bezerra Coelho, o ex-técnico tricolor, Lori Sandri, resolveu acionar a Justiça do Trabalho para tentar receber o que o clube deve a ele. Juntando o mês de janeiro e a multa contratual, o Mais Querido precisa pagar ao treinador, aproximadamente, R$ 100 mil. A advogada do técnico, Neith Nunes, por várias vezes tentou fazer um acordo com os corais, mas as duas partes não chegaram a um consenso.


Divulgada lista com 18 relacionados para partida deste domingo

O técnico Dado Cavalcanti só definirá o time que entra em campo contra a Cabense neste domingo, às 17h, no Arruda, momentos antes da partida. Na manhã deste sábado, após o treinamento que encerrou os preparativos para o jogo, o treinador divulgou a lista com os 18 relacionados.


Os atletas já estão em regime de concentração. Entre as novidades está o volante recém-contratado Dedé, que deve fazer sua estreia com a camisa coral, e o meia Miller, que não vinha sendo relacionado. O goleiro Darci volta ao banco de reservas, dando continuidade ao rodízio realizado por Dado na posição.


Confira a lista:


Goleiros: Tutti e Darci
Zagueiros: Leandro Cardoso, Alysson e Luiz Eduardo
Laterais: Gilberto Matuto, Baiano e Jefferson
Volantes: Goiano, Dedé e Marcos Mendes
Meias: Jackson, Serginho e Miller
Atacantes: Joelson, Brasão, Souza e Marcelinho


Nenhum comentário: