sexta-feira, março 19, 2010

Sport tem três desfalques para o jogo de amanhã


Montoya (D) será o escolhido para a vaga na zaga

Zagueiro Igor, lateral-esquerdo Dutra e o meia Eduardo Ramos não enfrentarão o Salgueiro


De volta ao Recife, após o empate pela Copa do Brasil, por 1x1, com o Paraná, fora de casa, o Sport retorna todas as suas atenções para o Estadual, onde vem reinando absoluto. Sem ser incomodado por ninguém até agora, o Leão enfrenta o Salgueiro, amanhã, às 17h, na Ilha do Retiro, sem força máxima para conseguir abater o Carcará. No último confronto pelo Estadual, o zagueiro Igor, o lateral-esquerdo Dutra e o meia Eduardo Ramos tomaram o terceiro cartão amarelo e cumprirão suspensão automática. Com os três desfalques, o treinador Givanildo Oliveira não tem muitas opções entre os reservas e, praticamente, já definiu os substitutos.

No trio de zagueiros, Montoya, que foi titular contra a Patativa, deve formar o setor com Tobi e César, com Dirley sobrando para o banco. Na ala esquerda, André Luiz, único reserva de Dutra, deverá ficar com a vaga. Já o setor de armação é o único que o comandante leonino tem uma “fartura” de opções.


Na disputa pela vaga deixada por Eduardo Ramos, estão três candidatos. O meia Ricardinho está em fase final na recuperação de uma lesão e, caso esteja apto para jogar, vai brigar com Kássio e Odair pela vaga na armação. Já o atacante Ciro foi absolvido ontem, pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE), ao ser julgado pela expulsão no clássico contra o Náutico, no dia 20 do mês passado, tendo presença confirmada para enfrentar o Carcará.


Prejuízo

Há cerca de um mês, a Justiça Federal determinou a execução de penhora de 32% de qualquer recurso que entrar nos cofres do Sport. Inclusive com uma parcela da cota de televisionamento, repassada pelo Clube dos 13, na semana passada, já sofrendo esse desconto. A decisão do órgão se deve por uma dívida dos leoninos com o Banco Central, feita na década de 90, com ela girando em torno de R$ 20 milhões atualmente. Sendo assim, somados com os 20% destinados à Justiça do Trabalho, mais essa nova punição, o Leão terá 52% descontado de qualquer receita que entrar no clube. A decisão foi em primeira instância e o Departamento Jurídico leonino já informou que irá recorrer.

Nenhum comentário: