domingo, março 07, 2010

O líder Sport vence o Porto, somando 32 pontos e 33 gols

Líder do Campeonato Brasileiro, o Sport venceu o Porto, no Lacerdão, ficando com 32 pontos, somando nove vitórias e 33 gols Imagem: Ricardo Fernandes\DP\D.A Press


Líder do Campeonato Pernambucano, o Sport se afasta ainda mais dos adversários. A vitória diante do Porto, neste domingo, no Lacerdão, em Caruaru, deixa o rubro-negro com 32 pontos, somando nove vitórias, entre os 14 jogos realizados e 33 gols. Já o Porto, fica na sexta colocação, com 20 pontos.



O leão já começou a partida mais ofensivo, com várias chances de gol, mas valorizando demais o posse de bola e desperdiçando um pênalti, enquanto a equipe do Porto, foi perigosa na hora do contra ataque e por várias vezes chegou perto do goleiro Magrão. Aos 11 minutos, Cosme arrisca à distância com perigo, mas Magrão sustenta bem. Aos 16, o Porto perde uma oportunidade de abrir o placar, com Kiros tocando de cabeça. Aos 18 minutos foi a vez de Eduardo Ramos bater para o gol, mas Romero segurou. Aos 20 minutos, Dairo tenta um lançamento, mas a bola não entra. Aos 25, Ciro é derrubado por Cosme. Pênalti para o Sport. Ciro bate, mas o goleiro defende, do lado direito. Aos 28 minutos, Ciro vaia para a boca do gol, mas a bola vai para a escanteio. Aos 30 minutos, Zé Antônio cobra para cima da barra. Aos 31, Kiros manda de cabeça, mas Magrão defende para o Sport. Em seguida, o Sport perde o gol numa jogada que começou com Zé Antônio, passando por Ciro e terminando em Eduardo. Aos 34 minutos, Eduardo Ramos recebe de Zé Antônio, fica de cara com o goleiro, mas chuta pra fora e aos 37, Ciro manda a bola, mas o goleiro Romero defende.



No segundo tempo foi a vez de transformar as oportunidades em gols, mas não foi assim tão rápido. As tentativas começaram aos quatro minutos com um chute de Dairo, que foi seguido de uma bomba à queima roupa de Arlindo, que Magrão segurou. Aos 6 minutos, acontece uma falta em cima de Dutra e aos 8 minutos, Ratinho cobra, mas a barreira segura. Aos 11, Ciro chuta pra cima do travessão. Aos 19 minutos, Dutra manda uma bomba de pé direito e Romero faz uma boa defesa. Aos 21 minutos, Romero defende uma bola de Eduardo Ramos.



O primeiro gol veio aos 23 minutos. Eduardo Ramos bate alto e forte do lado esquerdo do gol a bola quica e ele faz para o Sport. Logo em seguida, Anderson manda uma cabeçada pra fora e quase o Porto empata. Aos 28, Eduardo Ramos faz o segundo para o leão e aos 29, marca mais um, aumentando a diferença. O placar foi definido aos 38 minutos por Ciro, que mandou uma bomba para a rede e se redimiu do pênalti perdido, marcando: Sport 4 x 0 Porto. Com o gol, o atacante se torna o artilheiro isolado do campeonato, com nove gols.



Ficha técnica:

Porto 0 x 4 Sport



Porto

Romero; João Carlos, Gonçalves, Romero Caruaru, Aírton; Cosme, Rodolfo Potiguar, Clayton, Arlindo, Kiros, Fabian. Técnico: Charles Muniz.



Sport

Magrão, Igor, César, Tobi, Eduardo Ratinho, Daniel Paulista, Zé Antônio, Eduardo Ramos, Dutra; Dairo, Ciro. Técnico: Givanildo Oliveira.



Local: Lacerdão (Caruaru)

Árbitro: Gleydson Leite. Assistentes: Luciano Cruz e Ubirajara Ferraz.



Público:7.198

Renda: R$ 35.550



Cartões amarelos:

Porto: Cosme

Sport: Eduardo Ratinho

Nenhum comentário: