quarta-feira, março 24, 2010

GILENO DE CARLI - Cabense e Central fazem duelo decisivo


De uma previsão como figurante no Estadual, a Cabense construiu uma campanha que driblou as dúvidas de outrora e, neste momento, pode ser vista como sólida. Com 28 pontos somados e o terceiro posto na tabela de classificação, o Azulão está no G4 desde o começo do certame. Dessa maneira, a equipe comandada por Rogério Zimmerman entra em campo hoje, às 20h30, para fazer o que agora se espera dela atuando em casa. A missão é bater o instável Central, no estádio Gileno de Carli, no Cabo de Santo Agostinho. A equipe de Caruaru, por sua vez, ocupa o sétimo lugar, com 21 pontos.

Um dos trunfos da Cabense durante o Estadual tem sido as poucas alterações no desenho dos 11 titulares. Para essa partida, a única modificação é o retorno de Oliveira, que cumpriu suspensão e entra no lugar de Miguel. “De fato, temos mudado pouco. O time tem tido bastante sucesso na falta de contusões. Um dos motivos para a nossa boa campanha passa por isso”, afirmou Zimmerman.

Para a partida, o comandante da Cabense espera um jogo duro e ignora o péssimo resultado da Patativa na última rodada, quando perdeu, em casa, por 3x0, para o vice-lanterna Vera Cruz. “Quando a gente analisa uma equipe, a gente não leva em conta o último jogo. A gente sabe que o Central é um dos times mais tradicionais de Pernambuco, tem uma marcação forte e está brigando pelo G4”, observou Zimmerman.

No Central, a equipe titular não será modificada. Apesar disso, o treinador Adelmo Soares anda preocupado. “Os nossos três últimos jogos foram ruins. Nada tem dado certo. Inclusive, entreguei o cargo duas vezes, mas o presidente viu que o defeito não estava só em mim. Só continuei no clube porque as pessoas que estão à frente são homens de bem e vão fazer o Central ser grande”, revelou o técnico, que comandou a Cabense nas primeiras rodadas do Estadual. “Fico feliz por ter participado dessa situação. Só que não vejo ponto positivo nisso. Eles vão jogar contra o Central e contra Adelmo. Então, a gente vai ter que jogar três vezes mais para vencer”, disse.

CONVÊNIO

A direção da Associação Caruaruense de Ensino Superior (Asces) e o presidente do Central, João Tavares, assinaram, ontem, um convênio que proporcionará a criação do Centro de Treinamento e Avaliação Esportiva. A instituição de ensino vai oferecer os serviços acadêmicos de fisioterapia, laboratórios e academia. Em contrapartida, a Patativa cederá espaços publicitários na camisa e nas placas do Lacerdão. “Esse convênio significa uma grande força para nossa equipe. Teremos mais chances em conquistar títulos”, acredita Tavares.

Cabense: Delone; Evanilson, Léo Gama e Oliveira; Filipe, Dinho, Cléber Gaúcho, Clébson e Aílton; Aleandro e Flávio Caça Rato. Técnico: Rogério Zimmermam

Central: Isaías; Geovane, Paiva, Sidney e Pintado; Elton, Fernando Pires, Guego e Gil; Paulão e Carlos Henrique. Técnico: Adelmo Soares

Local: estádio Gileno de Carli (Cabo de Santo Agostinho)

Horário: 20h30

Árbitro: Antônio André

Assistentes: Luciano Cruz e Alcides Lira

Preliminar: Cabense x Central, às 18h (juniores)

Nenhum comentário: