sexta-feira, março 19, 2010

Gilberto Matuto não jogará domingo


Lateral-direito está com uma lesão na coxa e foi vetado pelo departamento médico

O treino que deve definir a equipe que enfrenta o Náutico, no domingo, às 17h, no Arruda, só acontece esta tarde, mas antes mesmo de comandar a movimentação, o técnico do Santa Cruz, Dado Cavalcanti, já sabe que não poderá contar com o lateral-direito Gilberto Matuto, que foi vetado pelo departamento médico. O atleta foi substituído, ainda no primeiro tempo da derrota por 1x0 para o Botafogo, na última quarta-feira, alegando dores na coxa direita. Apesar de não ter em mãos o resultado do exame de ressonância magnética, o medico tricolor, Gilson Rezende, achou melhor não utilizar o jogador. A suspeita é que Gilberto Matuto tenha sofrido um estiramento muscular na parte posterior da coxa.

Sem o atleta, Dado deverá escalar Baiano, que também é da posição. Titular no início da temporada, o lateral-direito participou de sete partidas até então, sendo quatro como titulares e três entrando no decorrer dos jogos, sempre substituindo Matuto. Caso Baiano seja realmente o substituto, o Mais Querido vai mudar as suas características. Enquanto Matuto é mais ofensivo, Baiano colabora mais com o sistema defensivo, sendo mais marcador.

Outra possível mudança é o retorno de Joelson. Artilheiro da equipe na temporada, com nove gols, todos no Estadual, o atacante foi sacado da equipe após a vitória por 1x0 do Santa Cruz sobre a Cabense. Na partida, Joelson desperdiçou uma penalidade máxima e foi substituído pelo treinador coral. Em três jogos, o jogador ficou no banco de reservas, mas entrou durante os confrontos. Contra o Vera Cruz, ele cobrou outro pênalti e dessa vez converteu. O substituto dele, Souza, não convenceu. O também atacante não conseguiu se firmar na posição e foi substituído nas partidas.

Antes do treinamento de ontem, realizado no Arruda, Dado conversou com Joelson, afirmando existir a possibilidade do atacante entrar em campo desde o início no Clássico das Emoções. “É um clássico, todo mundo quer jogar. Estou trabalhando forte para quando o professor precisar de mim, eu entrar bem. Ele vem conversando comigo, essa hora pode chegar logo”, afirmou o artilheiro tricolor.

Nenhum comentário: