quarta-feira, março 24, 2010

Torcida vai ter que jogar junto



Dado Cavalcanti está quebrando a cabeça para montar a equipe. Apoio vindo das arquibancadas será fundamental

Totalmente desfalcado, Santa Cruz enfrenta o Porto, hoje, às 21h, no Arruda


Sem ainda ter digerido a derrota para o Porto, no primeiro turno do Estadual, o Santa Cruz volta a encarar o Gavião, hoje, às 21h, no Arruda, querendo, desta vez, sair de campo com uma vitória. No confronto realizado no Lacerdão, a equipe da Capital do Agreste derrotou o Mais Querido por 3x1. O revés não foi esquecido pelos jogadores corais, que apesar de negarem o clima de revanche, querem a qualquer custo um triunfo. Com quase um time inteiro de desfalques para esta noite, os tricolores, que estão na vice-liderança do Pernambucano, com 29 pontos, mais do que nunca precisaram do apoio dos torcedores.


O técnico Dado Cavalcanti vai ter dificuldades para escalar o time que iniciará o duelo diante do Porto. Sem poder repetir a formação que venceu o Náutico, no último domingo, o treinador coral colocará em campo 11 jogadores que nunca disputaram uma partida juntos. O desgaste pela sequência de três jogos realizados a cada oito dias e os desfalques por suspensão deixaram o Mais Querido sem dez jogadores para o duelo desta noite. “Chegou a hora dos jogadores que estavam de fora, esperando uma oportunidade, mostrarem o seu valor”, disse o volante Léo.


Dos jogadores considerados titulares, Dado não contará com o lateral-direito Gilberto Matuto, o zagueiro Leandro Cardoso, o lateral-esquerdo Edson Miolo, o meia Jackson e o atacante Brasão. Matuto, Cardoso e Jackson estão lesionados, enquanto Miolo e Brasão foram expulsos no duelo com o Timbu. Também desfalcam a Cobra Coral Baiano, Alex Xavier, Dedé, Natan e André Leonel, que estão no Departamento Médico.


Para complicar ainda mais a vida do técnico tricolor, a forte chuva que caiu ontem à tarde no Recife impediu os atletas de treinarem no gramado do estádio José do Rego Maciel. Para poupar o “palco” do jogo desta noite, os jogadores do Mais Querido permaneceram apenas na academia do Arruda. “O único dia para testar uma formação seria hoje, mas São Pedro não ajudou. Vai ser preciso muita conversa até o início do confronto. Se tivesse com tempo para treinar, o time estaria definido, mas por conta desse imprevisto, vou revelar a escalação apenas na preleção”, afirmou Dado Cavalcanti. A escassez de atletas é tanta que ele relacionou para o duelo o zagueiro Everton Sena e os meias Thiago Hensrique e Mizinho, este último dos juniores. Anteriormente, nenhum dos três estavam participando das concentrações.


Três dos cinco substitutos o comandante coral já definiu. Sem nenhum jogador à disposição na posição, o volante Wellington será novamente improvisado na lateral direita. Na esquerda, o garoto Jefferson volta a jogar pela primeira vez desde o incidente com Luiz Eduardo. Na zaga, Luiz Eduardo entra no lugar do capitão Leandro Cardoso. Falta o treinador decidir quem substitui Jackson e Brasão. Serginho e Marcos Mendes brigam por uma oportunidade no meio, enquanto Souza e Gaúcho disputam uma vaga no ataque.


Santa Cruz: Tutti; Wellington, Alysson, Luiz Eduardo e Jefferson; Goiano, Léo, Marcos Mendes (Serginho) e Élvis; Souza (Gaúcho) e Joelson. Técnico: Dado Cavalcanti


Porto: Romero; João Carlos, Alemão, Romero Caruaru e Airton; Cosme, Rodolfo Potiguar, Naldinho e Arlindo; Fabián e Kyros. Técnico: Charles Muniz


Local: Arruda


Horário: 21h


Árbitro: Antônio Hora Filho


Assistentes: Pedro Wanderley e Roberto José


Preliminar: Santa Cruz x Porto. às 18h30 (juniores)


Ingressos: R$ 10 (arquibancada superior e meia-entrada), R$ 20 (arquibancada inferior) e R$ 50 (cadeira)

Nenhum comentário: