quarta-feira, março 10, 2010

Ataque leonino comemora boa fase


Dairo, de apenas 20 anos, ganhou uma chance e vem dando conta do recado


Juntos, Ciro, Dairo e Eduardo Ramos, que é meia, fizeram 11 gols em quatro jogos


Vivendo a semana que toda equipe solicita com frequência aos deuses do futebol, o Sport retornou aos trabalhos ontem, no CT de Paratibe, visando ao jogo contra o Central, domingo, pelo Estadual. Tendo conquistado o direito de folgar nesta rodada de hoje da Copa do Brasil, já que eliminou o Brasília logo no primeiro jogo, os leoninos estão aproveitando esse “tempinho livre” para aprimorar a parte física do elenco, corrigir algumas falhas e entrosar as duas peças recém-contratadas, o meia Odair e o atacante Leandrão, ao restante do grupo.

Vivendo grande fase, é no sistema ofensivo da equipe que o treinador Givanildo Oliveira irá poupar boa parte de seus neurônios. Curiosamente, desde que perdeu Nadson, ainda lesionado, e Wilson - este último rompeu o ligamento cruzado do joelho direito e ficará, no mínimo, seis meses parado -, e Dairo passou a formar a dupla de ataque com Ciro, o Leão praticamente dobrou o seu aproveitamento de gols marcados.


Com o trio Wilson, Nadson e Ciro, o Sport marcou 22 gols em 11 jogos pelo Estadual, cravando uma média de dois gols por partida. Já com Eduardo Ramos, que passou a atuar como meia armador, sua função de origem, e os atacantes Ciro e Dairo, em quatro jogos disputados, o Leão já anotou 11 tentos, atingindo a incrível marca de 3,75 gols por jogo.


Na estreia do novo trio, logo após o último jogo de Wilson, contra o Náutico, quatro gols foram anotados, sendo dois de Ciro e dois de Eduardo Ramos, diante do Brasília, pela Copa do Brasil. No jogo seguinte, diante do Araripina, pelo Estadual, fora de casa, foram mais três tentos. Sem Ciro em campo, Dairo marcou duas vezes. Contra o Vitória, na Ilha do Retiro, mais quatro gols na conta leonina, com Ciro marcando duas vezes e Dairo, uma. No último confronto, diante do Porto, em Caruaru, a dose diante do Gavião se repetiu, no 4x0. Desta vez, com a dupla de ataque num dia ruim, foi a vez de Eduardo Ramos brilhar, anotando três gols, sobrando o último para Ciro, com o tento lhe rendendo a artilharia isolada do Estadual 2010, com nove gols.


O fato mais curioso desse sucesso vivido atualmente pela nova dupla é que ambos iniciaram a temporada como reservas, com Dairo sendo a quarta opção para formar o setor, com Wilson e Nadson aparecendo como os titulares na época. Bem no ritmo da semana vivida pelo Sport, o piauiense Dairo, vindo do Guarani, mostrou-se bastante tranquilo e revelou que o fato de ter a mesma idade que o seu atual companheiro de ataque, 20 anos, ajuda na comunicação entre os dois. “Ajuda sim o fato de termos a mesma idade e o mesmo jeito de falar. Isso facilita em diversas ocasiões e espero que continue dando certo”, declarou Dairo.

Nenhum comentário: