domingo, março 07, 2010

Após tropeço, só resta vencer


A derrota para o lanterna Sete de Setembro, no meio da semana, estava fora dos planos. Antes do tropeço de 1x0, a Cabense vinha de quatro vitórias consecutivas. Agora, diante do Santa Cruz, a sensação do campeonato quer recuperar os pontos perdidos e engatar uma nova sequência de resultados positivos no certame. O time do Cabo do Santo Agostinho soma 24 pontos e é a equipe que mais venceu na competição ao lado do líder invicto Sport.

Diante do considerado grande Santa Cruz, o Azulão promete não se amedrontar. Ao contrário do que fazem os outros intermediários, os comandados de Rogério Zimmerman não devem jogar recuados e esperando um contra-ataque para matar a partida. “A gente tem um padrão que busca ser um time equilibrado. Independente de quem jogar, a gente tem uma maneira nossa definida. Temos uma marcação forte e jogamos em velocidade”, afirmou o treinador Rogério Zimmerman.

Um dos maiores méritos do Azulão, talvez, seja a consciência de que o time não está muito à frente dos demais. Um exemplo disso é a análise de Zimmerman ao comentar o que o time deveria melhorar com relação ao tropeço diante do lanterna Sete de Setembro. “Acho que a equipe não errou. A vitória foi mérito do Sete, principalmente pelo primeiro tempo”, disse. “Foi um resultado normal de clube intermediário contra intermediário”, acrescentou.

Para a partida, o treinador resolveu modificar o esquema tático do 3-5-2 para 4-4-2. Um dos motivos é a suspensão do volante Cléber Pereira pelo terceiro cartão amarelo. Com isso, Tiago Mexerica ganhou espaço no time titular. Já Felipe, depois de cumprir suspensão, volta à lateral direita. Dessa maneira, Washington deixa a equipe.

Nenhum comentário: