terça-feira, março 23, 2010

Após derrota, Náutico dispensa três jogadores

Lateral Dênis e meias Juliano(foto 01) e Itamar (foto 02) foram mandados embora

Juliano estava atualmente recuperando a forma física, após contusão

Nos bastidores, era certo a dispensa de alguns jogadores por parte da diretoria do Náutico, mesmo antes do Clássico das Emoções. A derrota por 4x2 diante do Santa Cruz, no último domingo, concretizou o processo, custando o contrato de três atletas. Os meias Juliano e Itamar, além do lateral-direito Dênis, estão fora dos Aflitos. A tendência é que a diretoria segure um pouco as navalhas no momento, mas outros nomes com desempenho abaixo do esperado continuam a correr riscos de deixar o clube nas próximas rodadas.

Convivendo com frequentes lesões, Juliano estava atualmente recuperando a forma física. Mas uma opção técnica tirou o atleta do grupo. É a famosa relação de custo-benefício. A rescisão com lateral-direito Dênis foi, de longe, a menos traumática, pois o jogador praticamente não criou laços com o Alvirrubro. As contusões também impediram o desenvolvimento do futebol do lateral, que foi prontamente devolvido ao Corinthians, clube que o cedeu ao Náutico por empréstimo.

O caso mais curioso foi o do meia Itamar. Ele foi contratado como uma aposta, depois de atuar em clubes da Indonésia e de Cingapura. O diretor do Náutico, Armando Ribeiro, conheceu, através de uma matéria de televisão, a curiosa história do jovem carioca que foi tentar a sorte em centros menos conhecidos do futebol. A ideia era que o Timbu alavancasse a carreira de mais um “anônimo” dos gramados, assim como aconteceu com Kuki e Acosta. Mas o meia canhoto não conseguiu convencer ninguém na sua passagem pelos Aflitos. Nos treinos, mostrava pouco e, consequentemente, teve raras oportunidades nas partidas oficiais. Seu melhor momento foi no clássico contra o Santa Cruz, no primeiro turno, quando marcou o gol da vitória por 2x1 dos alvirrubros.

Se nos bastidores a repercussão do clássico deu empurrão definitivo para o início do processo de dispensas, dentro de campo o técnico Alexandre Gallo tratou de ter uma conversa séria com seus jogadores, antes do treinamento de ontem. O goleiro Gustavo, um dos porta-vozes do grupo, falou sobre a reunião com o treinador. “Foi uma lavagem de roupa suja, tudo feito internamente. Fizemos um balanço de tudo o que aconteceu na partida. Acho que tiramos muitos ensinamentos dessa derrota, e isso pode formar uma equipe vencedora”, ressaltou o arqueiro alvirrubro.

INGRESSOS

Os ingressos para Náutico e Araripina, jogo que teve o horário modificado das 21h para as 19h30 de amanhã, começam a ser vendidos hoje. A arquibancada custa R$ 30. Sócios e estudantes pagam R$ 15. As bilheterias dos Aflitos abrem às 9h. A troca dos bilhetes do programa Todos Com a Nota acontece das 8h às 12h.

Nenhum comentário: