quarta-feira, fevereiro 17, 2010

Ypiranga X Central // Clássico do Agreste na Terra da Sulanca

No início do Estadual, os dois times estavam sendo comandados por outros treinadores. Ambos eram apontados como os principais candidatos do interior a uma vaga no G-4. Mas os resultados não vieram. E como no futebol a troca de técnico parece ser sempre a primeira opção de mudança, aqui não foi diferente. No Central, saiu Reginaldo Sousa e entrou Adelmo Soares. No Ypiranga, Rubens Monteiro deu lugar a Neco. Mas não é que dessa vez deu certo? E muito. Os dois times mais populares do Agreste encaixaram boas sequências de resultados e voltaram de vez à briga por uma vaga na semifinal. Para referendar o bom momento, um clássico do Agreste hoje à noite, em Santa Cruz do Capibaribe, às 20h30.

O Ypiranga não perde há cinco jogos e está em 5º lugar, a três pontos da Cabense. É a maior invencibilidade da competição depois do Sport, que sequer foi derrotado neste Pernambucano. Foram três vitórias e dois empates. Todos sob o comando de Neco, que está invicto com a Máquina de Costura. E vale ressaltar que os dois últimosjogos foram contra Santa Cruz e Sport (1 x 1 nos dois jogos). Para manter o ritmo, experiente Neco deve escalar o mesmo time da última rodada.

"Precisamos de força no contra-ataque, mas o trabalho está sendo bom. Nosso ataque está mostrando força, vem marcando gols nos últimos jogos", disse o treinador. Já recuperado de uma queimadura no pé, o goleiro Geday tem a escalação garantida. O camisa 1 vem sendo uma das principais peças do Ypiranga, tanto que já tem o status de ídolo da torcida da Capital da Sulanca.

No Central, o momento é de euforia. Após o péssimo início, quando ficou perambulando na zona de rebaixamento, o time sofreu algumas mudanças (sete jogadores foram dispensados e outros seis contratados) e venceu três dos últimos quatro jogos, subindo para o 7º lugar. Todos por 1 x 0, no limite. Para evitar esse sufoco, Adelmo Soares intensificou os treinamentos no Ninho do Gavião durante o carnaval.

Hoje, o time não poderá contar com o lateral-esquerdo Anchieta, que tomou o terceiro amarelo. Fernando Pires deverá atuar improvisado na esquerda. Joel também disputa a posição. Já o meia Rodrigo Santos, recuperado de lesão, volta à equipe. No ataque, Felipe Espada (eleito um dos melhores na vitória sobre o Náutico, na quarta-feira passada) briga pela posição com Neto Alagoano. "Aquela vitória sobre o Náutico fez com que o Central voltasse à briga pela classificação no G-4. Agora, é continuar a sequência", afirma Mucarbel, escalado na frente.

Ypiranga

Geday; Kênio, Luiz Eduardo, Bebeto e Bruno Paraíba; Jair, Lismar, Edu Chiquita e Rosembrick; Fágner e Fabrício Ceará. Técnico: Neco

Central

Isaías; Sidney, Emerson e Paiva; Geovane, Rodrigo Santos, Élton, Guego e Fernano Pires (Joel); Rodrigo Mucarbel e Neto Alagoano (Felipe Espada). Treinador: Adelmo Soares

Local: estádio Otávio Limeira (Santa Cruz do Capibaribe). Horário: 20h30.
Árbitro: Cláudio Mercante. Assistentes: Alcides Lira e Marcelino Castro

Nenhum comentário: